Futebol Botafogo fará troca total do campo do Nilton Santos no fim do ano e pode igualar gramado do Maracanã

Botafogo fará troca total do campo do Nilton Santos no fim do ano e pode igualar gramado do Maracanã

Reforma atual no estádio será concluída em junho e clube fará uma maior após quatro anos sem realizar tratamento no gramado

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois do plantio das sementes de inverno no campo principal do Estádio Nilton Santos finalizar em 5 de junho, o Botafogo fará a substituição total do campo do local ao final da temporada. Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, o Alvinegro afirma que ainda decidirá se seguirá utilizando gramado natural ou se optará pelo formato híbrido, o mesmo implementado no Maracanã, que mistura fibras sintéticas à grama convencional.

Por falta de recursos, o Botafogo está há quatro anos sem conseguir realizar tratamento no gramado. O Nilton Santos nunca recebeu uma reforma de grande porte, apenas intervenções pontuais na estrutura. O objetivo será mudar as características do gramado, elevando o nível de qualidade.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

​Veja outros pontos sobre a troca do gramado:

- Corte vertical duplo para eliminar o excesso de grama nos sentidos gol a gol e lateral a lateral.
Isso visa deixar a bola mais rápida e o gramado com a tração dentro dos padrões exigidos pela FIFA;

- Rebaixamento do gramado a 18mm com Máquina Helicoidal para receber as sementes de inverno. Nesta etapa são retirados quase 70 metros cúbicos de volume de grama;

- Descompactação do solo com maquina holandesa Vertdrain. Esse processo visa diminuir a sensação de dureza do solo;

- Aplicação de meia tonelada de sementes de inverno Rye Grass;

- Aplicação uniforme mecanizada de 20 toneladas de areia com a análise granulométrica dentro da Curva FIFA. Esse processo chama-se Top Dresser;

- Aplicação de 300 Kg de fertilizantes granulados NPK.

Últimas