Futebol Botafogo é contrário à volta de público no Rio de Janeiro: 'Perspectivas de piora no cenário'

Botafogo é contrário à volta de público no Rio de Janeiro: 'Perspectivas de piora no cenário'

Clube de General Severiano reafirma posição que havia feito no ano passado e diz que é surpresa que o tema tenha voltado à tona em um ponto crítico da pandemia

Lance
Lance

Lance

Lance

O Botafogo é contrário à volta de público no Rio de Janeiro. Uma das ideias da FFERJ, entidade que controla o futebol no estado, é ter a volta de pessoas frequentando o estádio ainda neste Campeonato Carioca. Em nota oficial divulgada na tarde deste sábado, o clube de General Severiano mostrou ser contra a medida.

"O Botafogo de Futebol e Regatas reafirma o seu posicionamento de contrariedade ao retorno de torcedores aos estádios de futebol e reitera a sua postura publicamente conhecida desde o início da proliferação da COVID-19.

Não por acaso, um dos pontos estratégicos de vacinação do Rio de Janeiro é o Estádio Nilton Santos, onde o Botafogo cumpre o seu dever social oferecendo as instalações à Secretaria Municipal de Saúde na campanha de imunização. O Nilton Santos é pioneiro em adotar protocolos específicos de segurança, ressaltando a importância dos métodos de prevenção.

No atual estágio da pandemia, caracterizada por uma crise sanitária permanente e no contexto de recorde diários de mortes, com perspectivas sólidas de piora no cenário, surpreende que o tema tenha novamente retornado à baila.

O Presidente Durcesio Mello, em contato com a CBF e a FERJ, manifestou, novamente, a sua preocupação com o nível da crise sanitária e externou a importância dos máximos cuidados para preservar a comunidade de atletas, comissão técnica, funcionários e familiares diretamente impactados pelas atividades envolvendo a prática esportiva.

O Botafogo aproveita para enviar uma mensagem pública para que todos reforcem os cuidados com a saúde e intensifiquem os hábitos de prevenção conforme orientado pelos órgãos competentes. Embora a vacinação esteja em curso, ainda há uma longa travessia a ser percorrida e que depende da conscientização e empenho de todos."

Últimas