Futebol Botafogo dá carta de desculpas após ofensas da torcida para bandeirinha em vitória na Série B

Botafogo dá carta de desculpas após ofensas da torcida para bandeirinha em vitória na Série B

Katiuscia M Berger Mendonça foi chamada de p* por parte de torcedores no primeiro tempo durante a vitória sobre o Brusque, pelo Brasileirão

Lance
Lance

Lance

Lance

Apesar da goleada, a partida do Botafogo contra o Brusque pela 31ª rodada da Série B do Brasileirão ficou marcada por um episódio nada legal: a assistente Katiuscia M Berger Mendonça foi xingada e chamada de pi* durante o primeiro tempo da partida no Estádio Nilton Santos. O Alvinegro formalizou um pedido de desculpas.

O fato aconteceu após uma série de lances de gols que foram anulados pelo VAR por impedimento. O Botafogo marcou três gols em um curto intervalo de tempo - os dois primeiros foram anulados por posições irregulares, enquanto o terceiro foi validado após revisão do VAR.

A questão é que Katiuscia, inicialmente, havia marcado inicialmente de Rafael Navarro no lance. Neste momento, parte da torcida passou a xingar a assistente das arquibancadas.

O Botafogo formalizou uma carta e um pedido formal de desculpas após o término da partida. O documento foi entregue por Durcesio Mello, presidente do Alvinegro, para a bandeirinha.

CARTA DO BOTAFOGO:

"Katiuscia,
O Botafogo acredita no seu trabalho e defende a igualdade de gênero.
​Hoje, na partida, presenciamos episódios que não condizem com o propósito da instituição, com o que pregamos e defendemos. Estes não representam os nossos milhões de torcedores.
​Receba nosso carinho e pedido de desculpas. Continue o seu trabalho e conte com o Botafogo para o que precisar."

Últimas