Futebol Borussia Dortmund planeja quase dobrar salário de Haaland para manter o atacante até 2023

Borussia Dortmund planeja quase dobrar salário de Haaland para manter o atacante até 2023

Centroavante norueguês tem cláusula de rescisão contratual para sair em 2022, mas clube alemão tem o desejo de contar com o artilheiro por mais uma temporada

Lance
Lance

Lance

Lance

O Borussia Dortmund planeja elevar o salário de Erling Haaland de oito milhões de euros (R$ 50 milhões) para 15 milhões de euros (R$ 95 milhões) por temporada e segurá-lo para a próxima temporada, segundo o "Bild". O clube alemão também planeja contar com o apoio da Puma nesta operação.

Entretanto, o Dortmund não é otimista com a possibilidade da permanência de Haaland por mais um ano. O centroavante possui uma cláusula de rescisão contratual em 2022 em que pode deixar a equipe aurinegra por 75 milhões de euros (R$ 475 milhões). E pretendentes não faltam.

> Veja a tabela da Bundesliga

Na última janela de transferências, Mino Raiola, empresário do atacante norueguês, perguntou ao Dortmund sobre a possibilidade de negociar o atleta no verão europeu, mas o clube decidiu por não vendê-lo este ano. No entanto, a pressão do agente deve ser intensa nos próximos meses.

Além do aumento salarial, que outras equipes interessadas nos serviços de Haaland devem cobrir, os aurinegros também confiam que o aspecto emocional pode fazer com que o camisa nove permaneça na Alemanha. O jogador é ídolo e possui um ambiente em que está adaptado para jogar futebol.

Últimas