Borussia Dortmund joga a toalha por Jadon Sancho, que deve sair

Hans-Joachim Watzke, dirigente geral do clube, disse que, se a vontade do jogador for de deixar o clube, ela deve ser respeitada

Lance

Lance

Lance

O destino de Jadon Sancho deve ser longe de Dortmund. Especulado no Manchester United nas últimas semanas, o clube inglês estaria disposto a desembolsar uma grande quantia para contar com o jogador para a próxima temporada, além de Barcelona e Real Madrid que também mostraram interesse no atacante.

Em Dortmund, muito já se falou sobre o desejo de permanência do atacante inglês na equipe, mas devido ao atual momento, pouco pode ser feito. O CEO do clube, Hans-Joachim Watzke, publicou em sua coluna do 'Bild' dando a entender que Sancho não ficará no clube:

"Mesmo antes da pandemia de coronavírus explodir, dissemos que nossa vontade era que ele ficasse, mas no final você precisa ceder à preferência do jogador".

Na atual temporada, Jadon Sancho soma 35 jogos, marcando 17 gols e contribuindo com 19 assistências.