Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bombas, protestos e confronto com a polícia! Vila Belmiro vira ‘praça de guerra’ após derrota do Santos

Derrota para o Corinthians gera aumento da tensão com torcedores do Peixe

Futebol|Do R7


Lance
Jogo foi paralisado na reta final do clássico (Foto: Jota Erre/Photo Premium/Gazeta Press)

Antes mesmo da bola rolar, a torcida do Santos esboçava não admitir uma derrota para o rival Corinthians e ações mais enérgicas eram esperadas. Nesta quarta-feira (21), com o resultado negativo encaminhado, gritos contra o elenco, o técnico Odair Hellmann e o presidente Andres Rueda começaram a ecoar no estádio, junto de bombas e artefatos pirotécnicos que foram arremessados no gramado.

Na parte de fora, antes da confusão se tornar generalizada, alguns torcedores do Santos tentaram invadir a Vila Belmiro, segundo policiais informaram à reportagem do Lance!. No meio disso, os oficiais isolavam as ruas para realizar a condução das torcidas organizadas até a saída.

+ Suaréz vai parar? Veja 10 feras estrangeiras que se aposentaram no futebol brasileiro

A situação se espalhou pelas ruas da cidade. Na Rua Antônio Malheiros Júnior, paralela à Vila Belmiro, torcedores do Peixe chegaram a montar uma barricada e tentaram voltar para o estádio. Para retrucar, a polícia chegou com cavalos, viaturas e caminhões da tropa de choque e contra atacaram com balas de borracha, bombas, gás lacrimogêneo e jatos d’água.

Publicidade

O efeito das bombas invadiu o estádio e os presentes começaram a se queixar do forte ardor ocasionado pela ‘praça de guerra’ na parte externa da Vila Belmiro.

NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ

Um acontecimento parecido rolou com o Santos no confronto da Copa do Brasil 2022 diante do próprio Corinthians. Com a eliminação, bombas foram atiradas no gramado e a ação gerou uma punição para o clube de dois jogos sem torcida.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.