Bilbao derrota Barça com gol no fim e está na semifinal da Copa do Rei

Clube catalão desperdiçou muitas oportunidades e acabou sofrendo nos acréscimos

Lance

Lance

Lance

Em jogo emocionante e surpreendente, o Athletic Bilbao venceu o Barcelona por 1 a 0, marcando o gol da vitória aos 47 minutos do segundo tempo, e eliminou o gigante da Catalunha da Copa do Rei. Iñaki Wiliams marcou o gol da vitória histórica do Bilbao.

O Athletic Bilbao agora aguarda o sorteio das semifinais da Copa do Rei, que será realizado nesta sexta, para conhecer o seu rival. As partidas das semifinais do torneio serão disputadas em ida e volta nos dias 11 e 12 de fevereiro e 3 e 4 de março. É a primeira vez, desde a temporada 2009/10, que os gigantes Barça e Real não chegam à semifinal.

Gol anulado
O Barcelona começou a partida pressionando a saída de bola do Athletic Bilbao, não deixando espaços para o adversário jogar. Com a bola, a time catalão era liderado por Lionel Messi. O argentino se movimentava por todo meio-campo e ditava o ritmo da partida, mas foi o Bilbao que assustou primeiro. Logo aos dez minutos, Iñaki Willians desviou de cabeça a cobrança de escanteio e mandou para o fundo gol. A arbitragem anulou o lance por impedimento. O Barça respondeu logo em seguida.

Maestro sobrecarregado
Messi estava querendo jogo. O camisa 10 ditava o ritmo da partida e organizava todo o meio-campo do Barcelona. Apesar da inspiração do melhor jogador do mundo, Barça não conseguia jogar bem coletivamente e dependia de jogadas individuais do craque argentino. No fim do primeiro tempo, Messi passou por três marcadores e sofreu uma falta na entrada da área. O meia desperdiçou a boa oportunidade e acertou a barreira.

Mudanças não resolvem
As equipes voltaram se estudando mais e a intensidade da partida diminuiu. Stién mudou a equipe e lançou Griezmann e Arthur no jogo. O brasileiro entrou bem e dividiu com Messi a responsabilidade de armar as jogadas. O atacante francês não precisou de muito minutos para ter uma oportunidade. Arthur deu um lindo lançamento para Sergi Roberto e o lateral encontrou Griezmann sozinho na área. O atacante chutou fraco, no meio do gol, e perdeu uma ótima oportunidade. Aos 42, Arthur apareceu bem novamente e deu um lindo passe para Messi. O argentino chutou cruzado, mas o goleiro Simón fez grande defesa.

Quem não faz ...
Quando a partida parecia se encaminhar para a prorrogação, a magia do futebol aconteceu. Aos 47 minutos do segundo tempo, Iba Gómez cruzou na área e Iñaki Williams raspou de cabeça para fazer o estádio San Mamés explodir.