Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bernardo Silva brilha, Manchester City goleia Real Madrid e encara a Inter de Milão na final da Champions League

Equipe de Pep Guardiola busca inédito título para o clube inglês

Futebol|

O Manchester City goleou o Real Madrid por 4 a 0 e conquistou um lugar na final da Champions League. Com uma etapa inicial avassaladora, Bernardo Silva marcou dois gols e foi peça chave na construção do triunfo da equipe de Pep Guardiola. No segundo tempo, os ingleses administraram o resultado, mas ampliaram o marcador com gol contra de Militão e Julián Álvarez.

No próximo dia 10 de junho, o Manchester City encara a Inter de Milão na decisão da Liga dos Campeões, em Istambul, na Turquia. Até a decisão, os Sky Blues têm a chance de conquistar a Premier League (precisa de uma vitória) e a Copa da Inglaterra na final contra o Manchester United, que está marcada para o dia três de junho.

+ Confira com exclusividade os últimos jogos da Premier League por apenas R$40,90 por mês!

PRESSÃO INFERNAL

Publicidade

Na etapa inicial, o Manchester City não tomou conhecimento do Real Madrid e criou duas grandes chances nos primeiros minutos que acabaram em cabeçadas de Haaland para defesas milagrosas de Courtois. Após a pressão, De Bruyne achou um passe genial para Bernardo Silva pelo lado direito da área e o português finalizou firme para estufar as redes. Aos 34, os espanhóis quase igualaram o marcador com Kroos carimbando um travessão com uma bomba de fora da área, mas dois minutos mais tarde os ingleses responderam com Gundogan sendo acionado na área, chutando uma bola na defesa merengue, enquanto o autor do primeiro gol aproveitou o rebote e cabeceou para ampliar o marcador.

MATOU O JOGO

Publicidade

Na volta do intervalo, o Manchester City tentou administrar o resultado, enquanto a grande chance do Real Madrid foi em uma cobrança de falta de Alaba que parou em defesa de Ederson. Na reta final, Haaland recebeu um lindo passe de calcanhar de Gundogan na área, ficou cara a cara com Courtois, mas o belga fez grande defesa na finalização do centroavante antes da bola tocar no travessão. E aos 31 minutos, Akanji aproveitou uma cobrança de falta, desviou de cabeça antes da bola bater em Militão e morrer no fundo das redes. No fim, os merengues ensaiaram uma pressão que acabou em um chute de Dani Ceballos para outra intervenção do goleiro brasileiro. Nos acréscimos, Julián Álvarez recebeu um passe em profundidade de Foden na área e tocou na saída de Courtois para dar números finais ao duelo.

EM BUSCA DO SONHO

O Manchester City chega em sua segunda final de Champions League na história em busca do inédito título para sua galeria de troféus. Em 2020/2021, a equipe comandada por Pep Guardiola foi derrotada na decisão para o Chelsea e tem uma nova chance no dia 10 de junho, em Istambul.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.