Futebol Beijing, de Renato Augusto, a três passos do inédito título da Champions da Ásia

Beijing, de Renato Augusto, a três passos do inédito título da Champions da Ásia

Equipe da capital chinesa jamais chegou tão longe numa competição internacional. Nesta quinta tem quartas de final contra o Ulsan Hyundai

Lance
Lance

Lance

Lance

O Beijing Guoan, comandado pelo brasileiro Renato Augusto, disputa nesta quinta-feira (10/12) as quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia, em jogo único contra o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul. O clube já entrou para a história por jamais ter chegado tão longe em uma competição internacional e, agora, está a apenas três partidas de um título inédito.

Devido à pandemia do novo coronavírus, a Confederação Asiática de Futebol resolveu realizar o restante das partidas do torneio numa “bolha” em Doha, no Catar, país-sede da Copa do Mundo de 2022. O lado oeste da Champions da Ásia, a parte árabe, já foi definido entre setembro e outubro, quando se conheceu o primeiro finalista: o Persepolis, do Irã.

A partir de novembro, foi a vez de os clubes do lado leste do continente asiático retomarem suas partidas, paralisadas em março. O Beijing terminou a fase de grupos em primeiro da sua chave, numa campanha invicta de cinco jogos e um empate – idêntica à do Ulsan Hyundai, que também avançou em primeiro no seu grupo. Nas oitavas, o time de Renato derrotou o Tokyo (JAP) por 1 a 0, enquanto a equipe coreana se classificou ao derrotar o Melbourne Victory (AUS) por 3 a 0.

- Iniciamos essa caminhada lá em fevereiro, quando fizemos nossa estreia. Até voltarmos à competição em novembro e finalizarmos a fase de grupos. E passou a ser tudo bem corrido, com um jogo atrás do outro para nos adaptarmos a um calendário que ficou bem apertado. Os playoffs passaram a ser em jogo único e será assim até a final. Que a gente possa fazer um grande jogo contra o Ulsan e ficar ainda mais perto da decisão - comentou Renato Augusto.

Também nesta quinta-feira, na outra partida de quartas de final, que definirá o adversário de Beijing ou Ulsan na luta por uma vaga na grande final, estarão frente a frente Vissel Kobe, do Japão, e Suwon Bluewings, da Coreia do Sul. A decisão está marcada para o dia 19 de dezembro.

Últimas