Barrado! João Pedro fica fora das partidas contra São Paulo e Inter

Comissão técnica tem visto pouco foco do atacante, que não vem rendendo nos treinamentos. Jogador vive um jejum de 12 jogos sem marcar

Lance

Lance

Lance

Por opção da comissão técnica, o atacante João Pedro foi barrado até do banco de reservas e não enfrenta o São Paulo, quinta-feira no Morumbi, e o Internacional, domingo, no Beira-Rio. A informação foi divulgada inicialmente pelo site Saudações Tricolores e confirmadas pelo LANCE!.

A reportagem apurou que o corte se dá pela falta de foco do atacante, que não vem rendendo nos treinamentos. Além disso, João Pedro também alega não estar 100% fisicamente, se queixando de dores, principalmente no tornozelo direito, porém exames não detectaram lesão.

O jogador convive com um jejum de 12 jogos sem marcar. A última vez que balançou as redes, foi na vitória sobre o Fortaleza, por 1 a 0, no Castelão, no dia 9 de julho. Além da seca, João Pedro vem sendo constantemente vaiado pelos torcedores.

A pressão é tão grande, que o atacante perdeu a titularidade após a derrota contra o Athletico. No entanto, foi utilizado nas partidas contra Flamengo, Chapecoense e Ceará, porém sem conseguir mudar o resultado da partida. No clássico contra o Vasco não saiu do banco de reservas e agora ficou de fora dos relacionados.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro


Apesar do momento conturbado, João Pedro é o terceiro artilheiro do Fluminense na temporada, com 10 gols, ficando atrás de Yony González, que marcou 16, e Luciano, que fez 15 e atualmente defende o Grêmio. No Brasileiro, a joia de Xerém balançou as redes quatro vezes, ficando atrás do colombiano e Pedro, jogador da Fiorentina, que fizeram cinco gols.

Vendido ao Watford, da Inglaterra, em dezembro do ano passado, João Pedro vai deixar o Fluminense em janeiro. Com apenas 18 anos, o atacante já rendeu aos cofres do clube 4,5 milhões de euros. Por já ter conseguido o visto de trabalho para jogar pelo time inglês, o Tricolor tem a receber 1,5 milhão de euros, valor que será pago apenas no ano que vem. Dependendo do seu rendimento na Inglaterra, o Flu pode ganhar ainda mais dois bônus de 1 milhão de euros.