Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Barcelona mira venda de produtora para contratar Messi ao fim da temporada

Craque argentino está em fim de contrato com o PSG e vê com bons olhos um retorno

Futebol|

Lance
Lance Lance

O jornal espanhol "Marca" informou que o astro Lionel Messi pode estar mais próximo de um retorno ao Barcelona. Os catalães estão em processo de negociação com duas empresas para a venda de 24% da Barça Studios, produtora audiovisual própria do clube, e podem liberar espaço na folha econômica, aumentando a possibilidade da volta de Messi.

O Barça sonha com a negociação e já iniciou as conversas, mas para ter o argentino novamente, precisa abrir 200 milhões de euros em sua folha, seja com vendas de jogadores, salários ou negociações externas. Um plano de viabilidade econômica foi traçado pela diretoria e deve ser apresentado à La Liga, que agiria como facilitadora para permitir a busca por Messi. Os dirigentes blaugranas alegam que a liga seria favorecida pela visibilidade que o jogador traria novamente aos campeonatos nacionais.

Em 2022, a Barça Studios teve 25% de sua propriedade vendidos à Orpheus Media, empresa do milionário Jaume Roures, por 100 milhões de euros. Na ocasião, a transação viabilizou as inscrições de Lewandowski, Raphinha, Koundé, Kessié e Christensen no Campeonato Espanhol. Desta vez, os 24% estariam sendo oferecidos pela diretoria por cerca de 150 milhões de euros e há duas empresas interessadas na compra, de acordo com o periódico.

O máximo da propriedade que pode ser vendido pelo Barcelona é de 49%, com a possibilidade de comprar novamente a parte de Roures e vender tudo por um preço maior. Porém, as informações indicam que o empresário está satisfeito com sua posição e só repassaria os 25% se o lucro da venda fosse alto.

Messi já sabe do interesse do clube catalão e demonstrou interesse em retornar, mas também tem uma proposta de renovação do PSG em sua mesa. O futebol árabe também está de olho na situação: como informado pelo jornalista Fabrizio Romano, o atual melhor do mundo recebeu uma proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita, e poderia reacender a rivalidade com Cristiano Ronaldo, que defende o Al-Nassr. Tudo ainda está longe de uma decisão final do argentino, mas o Barcelona deve investir pesado para tê-lo de volta.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.