Barcelona irá vender nome do Camp Nou pela primeira vez na história

Dinheiro arrecadado na primeira temporada será investido para ajudar no combate ao coronavírus. Clube também tem projetos pessoais para realizar com os lucros

Lance

Lance

Lance

O Barcelona comunicou que irá, pela primeira vez em sua história, vender os naming rights do Camp Nou da próxima temporada e a renda será usada para ajudar nas pesquisas do combate ao coronavírus. A declaração emitida nesta terça-feira surpreende pelo histórico do clube, mas também acontece em um período de crise econômica da equipe, da Catalunha e de todo o mundo.

- O mundo está passando por um momento importante, a maior crise de saúde, econômica e social da história moderna, e o Barcelona tomou uma decisão excepcional, uma resposta na altura que a humanidade precisa nesses tempos de incertezas.

O gigante espanhol ainda disse que “nas próximas semanas, a Fundação Barça abrirá um processo para encontrar um patrocinador que queira adquirir os naming rights do Camp Nou durante uma temporada” e completou mostrando que já havia uma ideia de usar esta ideia para futuras obras do estádio, instalações e projetos.

Jordi Cardoner, presidente da Fundação Barça, também expressou sua satisfação com a notícia e por poder contribuir na luta contra a COVID-19. O Barcelona também demorou para assumir um patrocínio com fins lucrativos, apenas em 2011, após anos estampando a marca da Unicef, um Fundo das Nações Unidas para contribuir com as necessidades e desenvolvimento de crianças ao redor do planeta.