Futebol Barcelona domina, vence Real Madrid e conquista Supercopa da Espanha

Barcelona domina, vence Real Madrid e conquista Supercopa da Espanha

Barça aproveita erros do Real, vence com autoridade e levanta Supercopa em Riade

Lance
Lance

Lance

Lance

Visca Barça! O Barcelona se sagrou campeão da Supercopa da Espanha 2022/23 ao bater o Real Madrid por 3 a 1 neste domingo no Estádio King Fahd, em Riade, na Arábia Saudita. Os gols foram de Gavi, Lewandowski e Pedri; Benzema descontou para os merengues no fim. Os culés dominaram o rival por 90 minutos e conquistaram a Supercopa pela 14ª vez em sua história, se mantendo como o maior campeão do torneio.

GRANDE CHANCE E RESPOSTA
A primeira oportunidade do 'El Clásico' na decisão foi do Barcelona. Aos 14 minutos da etapa inicial, a bola ficou com Lewandowski, que emendou chute forte de pé direito para ótima defesa de Courtois. No rebote, Balde mandou para fora.

Poucos instantes depois, foi a vez do Real Madrid responder. Após tabela de Vini Jr com Camavinga, Mendy foi acionado em ultrapassagem pela esquerda e cruzou com precisão para Benzema, mas o camisa nove merengue errou o movimento e desperdiçou uma boa chance de abrir o marcador.

SAIU NA FRENTE
Aos 33, o Barça abriu o placar com o jovem Gavi. O Real Madrid errou na saída de bola e o time blaugrana pressionou, recuperou a posse com Lewandowski, que acionou o camisa 30 na cara do gol e não perdoou, 1 a 0 para os culés.

+ Veja a tabela da La Liga 2022/23

SEMPRE ELE
No final do primeiro tempo, mais uma bela jogada do Barcelona que resultou em gol. Gavi recebeu pela esquerda, livre de marcação, carregou para o fundo e tocou para Lewandowski decidir, 2 a 0 para o Barça. O jovem espanhol retribuiu a assistência para o polonês no lance do primeiro gol do clássico.

FECHOU O CAIXÃO
​E o Real Madrid seguia desorganizado. Aos 22 do segundo tempo, Lewandowski carregou livre de marcação pelo meio, abriu para Gavi na esquerda e o camisa 30 cruzou para Pedri anotar o terceiro do Barça, 3 a 0 e levar mais um título da Supercopa da Espanha para o Camp Nou. Foi o primeiro troféu conquistado por Xavi Hernández como técnico do Barcelona.

GOL DE HONRA
​No apagar das luzes, o Real Madrid conseguiu anotar seu gol de honra com Karim Benzema, que aproveitou a sobra dentro da área para emendar um bonito chute de primeira, mas já era tarde para o time madrilenho buscar a reação.

GRANDE DESTAQUE
O dono da noite em Riade foi o jovem Gavi, de apenas 18 anos. Revelado nas categorias de base do Barcelona, o meia da seleção espanhola foi o grande destaque da decisão da Supercopa, com duas assistências e um gol marcado na vitória contra os merengues.

Últimas