Futebol Atacante do Boca Juniors é acusado de agressão pela namorada

Atacante do Boca Juniors é acusado de agressão pela namorada

Daniela Cortés postou fotos e vídeos mostrando estar bastante machucada. Segundo ela, tudo aquilo foi causado pelo colombiano Sebastián Villa

Lance
Daniela mostrou vários ferimentos em suas redes sociais

Daniela mostrou vários ferimentos em suas redes sociais

Reprodução/Instagram @danicortesms

Na última segunda-feira (27), através do seu perfil na rede social, a namorada do atacante colombiano Sebastián Villa, Daniela Cortés, fez um longo e chocante relato com fotos do que seria a conturbada relação de ambos.

O jogador do Boca Juniors seria responsável por agressões físicas e psicológicas não apenas fazendo ameaças contra a vida de Daniela, mas, segundo ela, também contra a vida de seus familiares na Colômbia.

A companheira de Villa disse que os problemas já duram pelo menos dois anos e que, apesar das seguidas situações onde ela decidiu perdoar e esperar uma mudança de postura por parte de seu namorado, as coisas não mudaram de figura.

View this post on Instagram

Lamentablemente me toca hacer esto hoy,porque ya no aguanto más!! Fueron 2 años viviendo juntos de muchos sufrimientos en los cuales perdone y perdone golpes esperando un cambio de parte de él y nunca pasó! Hay amenazas y todo diciendo que me va a dañar la vida y la de mi familia llamando a personas malas que trabajan en mi Cuidad haciendo que sólo entre en desesperación al ver a mi familia en peligro,hago esto por miedo porque este hombre quien lo ve en redes o prensa como si fuera un hombre sabio y habla con madurez pero la realidad es otra.Un maltratador tanto físico como sicólogico , y mucha gente está de testigo! No entiendo una persona “profesional” como es capaz de hacer tanto daño y que porque tiene malas amistades solo se dedica amenazar y humillar,siento un dolor muy grande tener que estar en un país que no conozco y donde estoy sola sin Mi familia y no poder viajar y salir corriendo con miedo que pase algo con mi vida y la de mi familia. Este es el verdadero Sebastian villa ,el que maltrata mujeres,porque no he sido la única. Yo solo le pedí a él y a sus empresarios ayuda para poder viajar a mi país y estar con mi familia y mi hija es lo único que necesito en estos momentos,ya no aguanto más me siento frustrada ante esta situación. No tengo otra opción por el bienestar de toda mi familia por que el es capaz de hacer cualquier cosa no saben la clase de hombre que es...

A post shared by Daniela Cortes M (@danicortesms) on

Em um dos vídeos veiculados por Daniela, enquanto a câmera é apontada para o chão, ambos parecem discutir onde a namorada de Villa reclama das constantes ameaças de agressão que receberia do seu companheiro.

Também na sua rede social, o atacante do Boca com quatro convocações para a seleção colombiana principal se defendeu das acusações em vídeo apontando que tem diversas mulheres em sua família e que não estava na sua residência, indicando não entender o motivo das publicações.

"Olá, boa noite para todos, eu sou Sebastian Villa e, sobre o que vocês estão vendo nas redes sociais, quero dizer que eu tenho minha mãe, minhas irmãs, minha sobrinha, minha prima, tenho mulheres na minha família, esclarecer que não estou em casa e não sei porque ela (Daniela) está publicando o que publicou e, a partir de amanhã, vou começar a esclarecer as publicações com as pessoas indicadas. Uma feliz noite para todos", disse o jogador de 23 anos de idade.

O Boca Juniors também se manifestou, dizendo que vai investigar o caso:

"O Club Atlético Boca Juniors relata que, dados os fatos de conhecimento público que envolvem um jogador do time de futebol profissional, já está em contato com os advogados e representantes do jogador para aprofundar o episódio e tomar as medidas correspondentes. A partir de agora, o clube será colocado à disposição da justiça em tudo o que puder colaborar para o esclarecimento do evento, de acordo com o compromisso assumido por esta diretiva em questões de direitos humanos e questões de gênero. O Boca reafirma seu compromisso com os valores de igualdade e respeito, considerando os clubes como um ator social determinante para dar essa luta que temos como sociedade para erradicar a violência de gênero, em todas as suas expressões."

Confira abaixo o longo relato feito por Daniela:
"Lamentavelmente tenho que fazer isso hoje porque não aguento mais!! Foram dois anos vivendo juntos de muito sofrimento nos quais perdoei e perdoei agressões esperando uma mudança da parte dele e nunca aconteceu! Há ameaças e tudo dizendo que vai prejudicar a minha vida e a da minha família chamando pessoas más que trabalham em minha cidade, fazendo que só entrem em desespero ao ver minha família em perigo. Faço isso por medo porque esse homem, quem o vê nas redes sociais ou na imprensa como se fosse um homem sábio e fala com maturidade, mas a realidade é outra. Um agressor tanto físico como sociológico e muita gente está de testemunha! Não entendo um ‘profissional’ ser capaz de machucar tanto e porque tem más amizades, só se dedica a ameaçar e humilhar. Sinto uma dor muito grande ter que estar em um país que não conheço e onde estou só, sem minha família, e não pode viajar e sair correndo com medo que aconteça algo com a minha vida e da minha família.Esse é o verdadeiro Sebastian Villa, o que maltrata mulheres, porque não fui a única.
Eu só pedi a ele e aos seus empresários ajuda para poder viajar ao meu país e estar com a minha família e a minha filha, é a única coisa que necessito nesses momentos e não aguento mais, me sinto frustrada diante dessa situação.
Não tenho outra opção pelo bem-estar de toda a minha família, porque ele é capaz de fazer qualquer coisa, não sabem o tipo de homem que é…"

Eles são 'velhinhos', mas ainda valem muito dinheiro no futebol

Últimas