Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Às vésperas de jogo decisivo na Copa Sul-Americana, Bruno Lage tenta encontrar cartada para tornar Botafogo ainda mais incisivo

Treinador busca alternativa ideal para primeiro duelo com o Defensa Y Justicia, pelas quartas da competição

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Botafogo inicia a semana lidando com um desafio de olho na caminhada da Copa Sul-Americana. A equipe alvinegra tenta ser incisivo para que seu poderio ofensivo se sobressaia e garanta a vitória no primeiro jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana, com o Defensa Y Justicia, da Argentina.

Para isto, a equipe tenta garantir poder de decisão para o o confronto que acontecerá na quarta-feira (23), às 19h, no Nilton Santos. O técnico Bruno Lage tem alternativas para escalar o Glorioso.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Lage testou Júnior Santos no empate em 0 a 0 com o Guaraní, do Paraguai, pela Sul-Americana. Depois, deu oportunidades aos jovens Janderson e Carlos Alberto. Recentemente, o clube contratou Diego Costa para ampliar seu leque ofensivo.

Publicidade

Prestes a encarar um jogo decisivo pela Copa Sul-Americana, o técnico Bruno Lage tenta encontrar o melhor atalho para dar força ofensiva ao Botafogo. Após o empate em 0 a 0 com o São Paulo, o português traçou um panorama sobre o que tem à sua disposição.

- O Janderson é o exemplo perfeito daquilo que é um jovem valor e que nós não podemos colocar uma pressão tremenda em cima dele. Ele tinha feito no Santos uma boa entrada, depois não me recordo agora o jogo, mas foi a opção. Quis ver outros jogadores naquela posição, optei por ver primeiro o Júnior (Santos), porque o Júnior já tinha jogado naquela posição e o Carlos Alberto também vinha a desempenhar muito bem naquela posição e depois tinha uma entrada muito boa no último jogo internacional. E senti que hoje a equipe poderia iniciar da mesma forma que iniciou a segunda parte, e o Janderson fez um jogo seguro - afirmou, ao fim do empate em 0 a 0 com o São Paulo.

Publicidade

Outra opção testada na reta final, Diego Costa também foi vista com entusiasmo pelo treinador.

- Destes 20 minutos que ele jogou, vamos começar a aumentar para que ele tenha um rendimento mais sustentado e um volume de jogo maior - afirmou.

O Botafogo direciona sua rota para a Copa Sul-Americana.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.