Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Arias fala sobre 'seca' do Fluminense em clássicos e antecipa duelo contra o Flamengo: 'Oportunidade perfeita'

Colombiano concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (7), no CT Carlos Castilho

Futebol|

Lance
Lance Lance (Lance)

Jhon Arias concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (7), no CT Carlos Castilho, antes do jogo de ida entre Fluminense e Flamengo, pela semifinal do Campeonato Carioca. Entre outros assuntos, o colombiano falou sobre o retrospecto recente do Tricolor em clássicos, que vem decepcionando. Sob o comando de Fernando Diniz, a equipe acumula seis vitórias, nove empates e 15 derrotas contra rivais.

➡️ Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Fluminense

- Acho que não tem uma receita diferente. Estamos trabalhando muito. Eu acho que a base aqui é o trabalho. Não tem sido diferente, não vai ser diferente. Infelizmente, por lances do jogo, erros individuais, erros coletivos, perdemos os clássicos. Estamos cientes. O Fluminense não é time para ficar esse tempo sem vencer o clássico. Temos uma oportunidade perfeita para voltarmos a vencer e classificarmos para a final - comentou Arias.

O jogador respondeu sobre o duelo particular com Arrascaeta, meio-campista do Flamengo. Arias elogiou o uruguaio, mas fez questão de destacar que o foco é o tricampeonato do Fluminense e que o adversário é o clube da Gávea, não apenas um atleta.

- Eu acho que o Arrascaeta é um bom jogador, mas acho que o duelo não é contra ele, é contra o Flamengo. Então, eu acredito muito no meu time, no nosso elenco. Tomara que eu consiga ajudar da melhor forma e que possamos sair vencedores - afirmou o colombiano.

- Estamos encarando a decisão com o Flamengo com a importância e a responsabilidade que sempre encara decisões. Sabemos que são dois jogos difíceis, muito importante para nós. Estamos totalmente focados e fechados para chegarmos da melhor forma. Sabemos que é muito importante para a continuidade da temporada. Chegamos com essa ambição de conseguir o tricampeonato - completou.

➡️ Fluminense, Flamengo, Borussia… Veja os classificados para o Super Mundial de Clubes da FIFA

Confira outras respostas de Jhon Arias, do Fluminense, durante a entrevista coletiva desta quinta-feira (7):

- Eu acho que é um cara (Fernando Diniz) que tem mudado meu patamar e o patamar do clube. Passa muito pela mão dele. É um cara que extremamente trabalhador. Que dá prazer de trabalhar junto. Tenho uma admiração e gratidão enorme. Um cara que tento ajudar para ele conseguir o maior sucesso possível. É um cara merecedor.

- O jogo contra o Botafogo é uma lição muito boa para nós. Temos que trabalhar muito. Sabemos que precisamos melhorar algumas coisas que estão faltando no jogo. E como eu falo, estamos nessa procura da nossa melhor versão. O palco contra o Flamengo é o palco perfeito para mostrarmos a força do elenco, do Fluminense. Como eu falei, somos atuais bicampeões e queremos o tricampeonato.

- Minha relação com a Emily (psicóloga do Fluminense) é uma relação ótima. Me ajudou muito desde a minha chegada até aqui. Uma pessoa que sempre que posso enaltecer o trabalho dela. Aqui no clube tem muita gente que trabalha muito fora das câmeras, fora do palco. Mas que são os que carregam o time nos momentos importantes, que não aparecem muito, mas que fazem o Fluminense atingir o lugar que o Fluminense tem atingido atualmente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.