Futebol Árbitro afirma em súmula que pediu policiamento para retirar Benítez, expulso na vitória do São Paulo

Árbitro afirma em súmula que pediu policiamento para retirar Benítez, expulso na vitória do São Paulo

Jean Pierre Gonçalves Lima relatou no documento que pediu para os policiais retirarem o meia são-paulino, mas pedido não foi atendido pela equipe de militares

Lance
Lance

Lance

Lance

Uma polêmica envolveu a vitória do São Paulo sobre o Athletico-PR por 2 a 1, na Arena da Baixada. Isso porque o meia argentino Martín Benítez se desentendeu com Terans, do Athletico-PR na marca de escanteio, na segunda etapa e recebeu o vermelho direto, mesmo estando no banco.

A advertência tirou o meia do sério, que reclamou bastante e demorou para sair de campo. Por conta disso, o árbitro Jean Pierre Goncalves Lima escreveu na súmula da partida que pediu ao policiamento para retirar o jogador, mas que não foi atendido pela equipe militar.

- Cito que aos 36 minutos do segundo tempo solicitei a presença do policiamento para retirada do atleta n 08 da equipe São Paulo Futebol Clube (expulso com cartão vermelho direto ), que se recusava a sair das dependências do campo de jogo. Informo ainda que a solicitação não foi atendida por parte do policiamento que informou que só estava para proteção da equipe de arbitragem - escreveu o juiz.

ATUAÇÕES: Pablo vive noite de artilheiro e leva a maior nota na vitória do São Paulo contra o Athletico-PR

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

A partida ficou paralisada em cerca de quatro minutos, o que contribuiu para os dez minutos de acréscimos dados pelo juiz no final do segundo tempo na Arena da Baixada. Benítez já havia desfalcado a equipe contra o Palmeiras, há uma semana, por suspensão, pelo acúmulo de três cartões amarelos. Agora, não enfrentará o Grêmio na próxima semana.

Últimas