Futebol Após saída de Domènec, Rogério Ceni entra na mira do Flamengo

Após saída de Domènec, Rogério Ceni entra na mira do Flamengo

Técnico do Fortaleza já foi consultado pela diretoria rubro-negra

Lance
Lance

Lance

Lance

A segunda-feira está com a temperatura elevada no Flamengo. Domènec Torrent sucumbiu à segunda goleada sofrida em sequência pelo Campeonato Brasileiro e, no início da tarde, foi demitido - junto aos auxiliares Jordi Gris e Jordi Guerrero. E Rogério Ceni é o primeiro nome tido como alvo pela diretoria.

Aos 47 anos, Ceni comandou a atividade da manhã no Fortaleza, visando o jogo contra o Bahia desta quarta-feira, em Salvador. O departamento de futebol do Flamengo, capitaneado por Marcos Braz, irá acelerar as tratativas com o Leão do Pici e o treinador nas próximas horas. Já houve consulta ao técnico.

Rogério Ceni, que também tem passagem pelo Cruzeiro, comanda o Fortaleza nesta que é a segunda passagem do ex-goleiro pelo clube cearense. Por lá, já conquistou a Série B (2018), a Copa do Nordeste (2019) e duas vezes o Estadual (2019 e 2020) e tem vínculo até o fim do ano.

QUEDA DE DOME

A atividade desta terça-feira, no CT do Ninho do Urubu, já será comandada pelo treinador Maurício Souza, atual treinador da equipe sub-20.

Domènec Torrent foi anunciado como treinador do Flamengo em 31 de julho e deixa o comando do time com 14 vitórias, quatro empates e seis derrotas. O catalão deixa o time classificado para as quartas de final da Copa do Brasil, para as oitavas de final da Copa Libertadores e em terceiro lugar do Brasileirão.

A demissão acontece após duas goleadas sofridas no Campeonato Brasileiro: 4 a 1 para o São Paulo, no Maracanã, e 4 a 0 para o Atlético-MG, no Mineirão. As seguidas falhas - coletivas e individuais -, em especial no sistema defensivo, também pesaram para a decisão da diretoria em demitir Dome após 99 dias de trabalho - o primeiro treino sob o comando do espanhol foi em 3 de agosto.

Últimas