Futebol Após período no comando, Vizolli fala em dever cumprido e comemora vaga

Após período no comando, Vizolli fala em dever cumprido e comemora vaga

Sob o comando do treinador interino, Tricolor confirmou vaga na fase de grupos da Libertadores, além de arrecadar quase R$ 30 milhões em prêmios

Lance
Lance

Lance

Lance

Marcos Vizolli assumiu o comando do São Paulo faltando cinco rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro com o objetivo de manter o Tricolor no G4 e, acima de tudo, recuperar a autoestima dos jogadores após uma sequência de resultados ruins e a demissão de Fernando Diniz. Após a vitória contra o Flamengo, por 2 a 1, no Morumbi, confirmando a vaga direta na Libertadores, o treinador interino falou em “dever cumprido”.


A quarta posição no Brasileirão e a classificação para a fase de grupos da principal competição da América do Sul renderam mais de R$ 30 milhões aos cofres do time do Morumbi.

Em cinco jogos como treinador do São Paulo, Vizolli teve 53,3% de aproveitamento, com duas vitórias (Grêmio e Flamengo), dois empates (Ceará e Palmeiras) e uma derrota (Botafogo). Para o treinador, os oito pontos somados foram cruciais para manter a equipe no G4, o que dá ao time, não só a premiação em dinheiro, mas mais tempo de preparação para a temporada.

- A gente sabia que seria uma luta muito grande, mas conseguimos através da força do grupo, da qualidade individual dos jogadores e também das mudanças táticas que implantei. Conseguimos um resultado positivo contra o Flamengo e alcançamos essa vaga que é muito importante para o grupo, para o São Paulo para o próximo treinador e também para a minha vida - afirmou Vizolli.

O interino dará lugar ao argentino Hernán Crespo, porém crê ter deixado uma base pronta para o novo treinador seguir seu trabalho. Diante do Flamengo, Vizolli utilizou um esquema com três zagueiros, garantindo maior proteção na defesa, mais liberdade para os alas e para os meias, especialmente Daniel Alves.

Outros fatores que deixaram Vizolli satisfeito foram a recuperação da autoestima de alguns jogadores como Pablo, que marcou o gol da vitória contra o Flamengo, e a intensificação do uso das crias da base no time profissional. Ao todo, seis atletas formados no CT de Cotia entraram em campo na última partida. Foram eles: Diego Costa, Wellington, Luan, Gabriel Sara, Igor Gomes e Galeano.

- Já os conhecia. Essa sempre foi a nossa força. Ter jogadores jovens na base de talento e que não sentem o peso da camisa. São jogadores adaptados ao time principal e que estão acostumados com grandes competições. Sem dúvida o trabalho que desenvolvi com eles na base me deu ainda mais tranquilidade para contar com os meninos nessa reta decisiva- explicou.

Vizolli seguirá no São Paulo de Crespo, como membro ativo da comissão técnica. Ele está confiante com o trabalho do argentino e acredita que Crespo fará o Tricolor ser campeão novamente .

- O Crespo pode contar comigo pra tudo. Estarei ao lado dele pra fazer do São Paulo um time vencedor. Tenho certeza que ele pode e vai levar a equipe a grandes conquistas- finalizou.


Últimas