Futebol Após perder profissional para o Botafogo, Flamengo define novo gerente geral do futebol de base

Após perder profissional para o Botafogo, Flamengo define novo gerente geral do futebol de base

Diretoria opta por solução caseira, e Luiz Carlos, atual gerente de captação, acumula o cargo interinamente para substituir Eduardo Freeland, que foi para o rival carioca

Lance
Lance

Lance

Lance

O Flamengo tem um novo gerente geral do futebol de base. Após a saída de Eduardo Freeland, que assumiu o futebol profissional do Botafogo há dez dias, a diretoria rubro-negra escolheu o profissional Luiz Carlos para exercer interinamente a função. Ele, que já estava no clube como gerente de captação de talentos, acumulará os dois cargos e iniciará o planejamento da temporada 2021. A informação foi divulgada pelo site "ge".

+ Melhor visitante, Flamengo encerra sequência 'off-Rio' contra o Sport para manter sonho vivo pelo octa

A escolha pelo substituto de Freeland gerou debates na última semana, e alguns nomes chegaram a ser oferecidos e sondados pela diretoria do Flamengo. No entanto, para acalmar as especulações e indicar os rumos da próxima temporada, o Rubro-Negro optou por um profissional que já conhece o ambiente do clube.

+ Veja mais notícias do Flamengo
+ Ainda dá para o Fla? Confira a tabela completa do Brasileirão

Aos 37 anos e no Flamengo desde 2014, Luiz Carlos teve o apoio do gerente de transição Carlos Noval para assumir a posição. Não está descartada a efetivação definitiva dele no cargo. Formado pela UFRJ, ele tem pós-graduação em treinamento desportivo, MBA em gestão e marketing esportivo e está cursando a turma de formação de executivos da CBF.

Últimas