Futebol Após ganhar prestígio, Mosquito terá ano para retomar espaço no Corinthians

Após ganhar prestígio, Mosquito terá ano para retomar espaço no Corinthians

Jogador acumulou empréstimos após chegar ao Timão, mas se tornou protagonista da equipe na última temporada. No entanto, agora terá que brigar por posição com reforços

Lance
Lance

Lance

Lance

Por muito tempo visto como um 'mico' no Corinthians, o atacante Gustavo Mosquito teve um 2021 para se consolidar de vez no Timão.

No entanto, mesmo prestigiado após uma ótima temporada passada, o atacante terá que reconquistar espaço em 2022, isso porque o clube do Parque São Jorge reforçou o setor ofensivo no segundo semestre e pela primeira vez iniciará a temporada contando com nomes como Paulinho, Giuliano, Renato Augusto, Willian e Róger Guedes juntos, os dois últimos, ainda que versáteis, e podendo atuar em outras faixas do campo, passaram a ocupar os espaços que Mosquito atua.

Contratado pelo Corinthians em 2019, após surgir como destaque na base do Coritiba, o camisa 19 não foi tão bem em seu início pelo Time do Povo, sendo emprestado para Vila Nova e Oeste naquele mesmo ano, e ao Paraná, no ano seguinte.

Contudo, com a chegada de Tiago Nunes no comando corintiano, no início de 2020, Mosquito teve o pedido do retorno solicitado e, timidamente, foi ganhando novas chances, No fim daquele ano, se tornou titular, já nas mãos de Vagner Mancini. No total, fez 27 partidas, marcou cinco gols e deu três assistências.

Já em 2021, se tornou protagonista do Timão no primeiro semestre, antes da chegada dos reforços estrelares, quando era unanimidade no time titular. Até mesmo passando por problemas pessoais, como o falecimento do pai, vitima da Covid-19, o jogador manteve as boas atuações.

Agora, Mosquito está longe de ser um 'mico' no Corinthians, mas terá um 2022 desafiador, voltar ao status de intocável, mesmo concorrendo por posição com grandes investimentos feito pelo clube do Parque São Jorge.

Hoje, Gustavo Mosquito é um 'reserva de luxo' no Time do Povo, e terá que lutar para voltar a ser lembrado entre os 11 atletas que iniciam a partida.

Últimas