Futebol Após eliminação, Bustos diz que não sai e que elenco está com ele

Após eliminação, Bustos diz que não sai e que elenco está com ele

Técnico acredita que o Peixe vai dar a volta por cima e elogia postura do time na eliminação

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Fabián Bustos falou com a imprensa após a eliminação para o Deportivo Táchira, na Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira. O time da Vila empatou os dois jogos por 1 a 1 com a equipe venezuelana e acabou derrotado nos pênaltis, dando adeus ao sonho do título da Copa Sul-Americana.

"Perder é sempre feio e ser eliminado é pior. Fizemos o suficiente para nos classificarmos, tivemos chances e dói. Demonstramos valentia até o final e perdemos nos pênaltis. Nos sentimos fortes. O Santos só não competiu naquele jogo (Corinthians). Sofremos o gol quando merecíamos ganhar, tivemos um a menos e fizemos mais com 10. Tínhamos que ter ganhado com 10", disse Bustos.

Na coletiva, o treinador foi questionado pelos jornalistas se, internamente, ainda tinha apoio suficiente dos jogadores para continuar seu trabalho. Neste momento, Marcos Leonardo, que estava junto com o técnico, interrompeu e disse:

"Tem. Posso garantir que o grupo está fechado com ele para dar a volta por cima. A culpa não é só dele. Quem está em campo é a gente".

Após a fala do centroavante, o treinador cumprimentou o jogador e respondeu em seguida:

"Se não tivesse (fechado comigo), o elenco não teria reagido assim e nem merecido ganhar. Não é justificativa, mas isso já aconteceu outras vezes, de ser eliminado no início", explicou Bustos.

Por fim, o treinador afirmou que não vai pedir demissão do cargo e avisou que veio ao Brasil pelo desafio de comandar a equipe santista.

"Eu pedir para sair? Não. Gosto de desafios. Não vim para ganhar mais, vim pelo que é Santos. Três anos joguei semifinal de Libertadores. E duas finais. Não estou feliz, temos que ganhar, mas fizemos gols legítimos que a CBF admitiu erro", finalizou.

Últimas