Futebol Após duas semanas de treino, Mancini espera Corinthians 'diferente' contra o Guarani

Após duas semanas de treino, Mancini espera Corinthians 'diferente' contra o Guarani

Técnico do Timão acredita que preparação durante a pausa do Paulistão vai levar a campo uma equipe melhor do que aquela que deixou má impressão durante o mês de março

Lance
Lance

Lance

Lance

Neste domingo, após mais de duas semanas sem jogar, o Corinthians volta a campo para enfrentar o Guarani, em Campinas, às 20h, pelo Paulistão. Assim como o torcedor corintiano, o técnico Vagner Mancini espera ver uma equipe diferente daquela que deixou má impressão no mês de março e ele conta com o longo período de treinamentos para ver os resultados nesta retomada.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Saiba quais jogadores do Corinthians que mais participaram de gols em 2021

Mesmo com a sequência de nove jogos de invencibilidade, o treinador sabe que o desempenho não foi bom, mas também entende que tanto a comissão técnica quanto o elenco foram prejudicados pelas peculiaridades do mês de março, quando um surto de Covid-19 atingiu o Timão, além de uma sequência de partidas decisivas fora de casa, em campos que não ajudaram.

- O mês de março foi muito complicado em termos de equilíbrio de treinamento, porque tínhamos uma turma com Covid, uma turma menor fazendo jogos importantes, contra Red Bull, Palmeiras, Ponte Preta, então isso gerou um desequilíbrio no grupo e é natural que eu tendo que usar alguns atletas até a exaustão, que esses atletas caíssem de rendimento. Foi interessante em alguns aspectos, porque ele gerou oportunidades para quem não vinha tendo oportunidade, e por outro lado ele foi terrível com alguns atletas que tiveram uma sequência de jogos difíceis, em campos ruins, e nós fomos lá, encaramos e conquistamos resultados, então nós atingimos o nosso objetivo - declarou Mancini em coletiva neste sábado.

Desde a classificação nos pênaltis contra o Retrô-PE, pela segunda fase da Copa do Brasil, o Corinthians teve mais de duas semanas de treino para acertar tudo isso que deixou torcedores e o próprio Mancini insatisfeitos, além das estabilização daquilo que fugiu do controle no mês anterior. Sendo assim, a expectativa é de ter uma postura diferente contra o Guarani, neste domingo.

- Tenho certeza que em duas semanas de treinamento todos os atletas melhoraram, tanto na parte física, quanto na parte tática, então eu espero ver um Corinthians diferentes e a plástica não foi a que todos nós queríamos e eu concordo, dá para você entender e dá para você esperar um Corinthians diferente a partir de agora com tempo de treinamento, embora a gente vá entrar em uma sequência de jogos difíceis, mas ao menos a gente teve duas semanas para parar, para respirar, para colocar todo mundo em igualdade de condições dentro do elenco - analisou o técnico alvinegro antes de completar:

- Vamos ver um time diferente, com uma marcação mais forte, com uma posse de bola diferente, que não só seja reativo, mas que também que proponha o jogo todo, que seja um time vertical, que é a nossa ideia de jogo, lógico que a sequência de jogos talvez interfira diretamente nisso, hoje nós temos uma equipe que vem de duas semanas de treinamento, então você consegue tirar o máximo do jogador, porque há uma concentração muito forte em cima de alguns pontos que te tornam forte dentro do campo - concluiu.

Entre domingo e a próxima sexta-feira, o Corinthians enfrentará uma maratona de três jogos em seis dias, todos pelo Campeonato Paulista, que teve sua volta autorizada após cerca de um mês de paralisação no estado de São Paulo. O Timão lidera o Grupo A com 11 pontos em cinco partidas disputadas.

Últimas