Futebol Após duas recusas, Sylvinho vira a 'bola da vez' no Corinthians

Após duas recusas, Sylvinho vira a 'bola da vez' no Corinthians

Ex-jogador, atualmente sem clube, é o nome com o qual a diretoria do Timão trabalha para comandar a equipe. Expectativa é de desfecho rápido ainda neste domingo

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois de receber duas recusas nos últimos dias, o Corinthians parece ter definido um novo alvo para comandar o time e ele atende pelo nome de Sylvinho, ex-jogador, com histórico dentro e fora de campo no clube. A expectativa é de um desfecho rápido e com martelo batido neste domingo.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Quem será o próximo? Relembre os técnicos do Corinthians neste século

Formado nas categorias de base do Timão, o ex-lateral-esquerdo passou mais de uma década atuando na Europa em clubes como Arsenal, Barcelona e Manchester City. Depois de aposentado dos gramados, passou a ingressar uma carreira fora de campo como auxiliar técnico, passando por Cruzeiro, Sport e o próprio Corinthians, trabalhando com Tite, que depois o levou para a Seleção.

Pesa a favor de Sylvinho o fato de já ter trabalhado com os três membros da cúpula de futebol do Timão: Duilio Monteiro Alves, Roberto de Andrade e Alessandro. Todos eles gostam da figura do treinador e elogiam internamente a qualidade do profissional, que é conhecido por ser um estudioso em sua função, mesmo sem ter tido uma carreira consolidada como treinador.

Em sua primeira e única experiência até aqui, Sylvinho foi contratado com comandante do Lyon, da França, em 2019, deixando a comissão técnica da Seleção Brasileira. No entanto, o desafio durou pouco, menos de cinco meses entre sua contratação (maio) e sua demissão (outubro). Nesse período, foram 11 jogos oficiais, três vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

Depois de sua saída, o Lyon acabou atingindo a semifinal da Champions League da temporada 2019/2020, perdendo apenas para o Bayern de Munique. Lá no clube francês, seu auxiliar técnico foi Fernando Lázaro, chefe de análise de desempenho no Corinthians e atual treinador interino. Ele é mais um entusiasta de Sylvinho e pode voltar a trabalhar com seu velho companheiro.

Embora o torcedor não aprove o nome, os outros critérios estabelecidos são bem preenchidos, como o conhecimento do clube, o bom trabalho com a base (quase foi técnico da Seleção Olímpica em 2016), o respeito interno de jogadores que já trabalharam com ele, e o entendimento do momento financeiro, que não vai permitir grandes investimentos no elenco.

Atualmente sem clube (há quase dois anos) e com boa relação com a atual diretoria, a expectativa é de que o acerto seja rápido, com anúncio no mais tardar nesta segunda-feira, uma vez que o objetivo é que o novo treinador já possa começar a trabalhar pensando na estreia do Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, contra o Atlético-GO, na Neo Química Arena.

Últimas