Futebol Após divergências no Corinthians, Vítor Pereira elogia Róger Guedes: 'Estou muito satifeito'

Após divergências no Corinthians, Vítor Pereira elogia Róger Guedes: 'Estou muito satifeito'

Treinador corintiano afirmou que atacante tem se mostrado mais disponível

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Vítor Pereira vê evolução no atacante Róger Guedes, titular pelo quarto jogo consecutivo neste sábado (11), na vitória do Corinthians sobre o Juventude, por 2 a 0, pelo Brasileirão.

+ ATUAÇÕES: Adson marca e leva maior nota na vitória sobre Juventude

+ TABELA: Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

Há 20 dias, na entrevista coletiva após o empate em 1 a 1 contra o São Paulo, o treinador corintiano havia afirmado que o jogador estava com dificuldades em dar algumas respostas no dia a dia. Agora, o comandante do Timão destacou a disponibilidade do camisa 9 em realizar novas funções, como a de centroavante, posição que exerceu neste fim de semana.

– O que mudou foi ele estar disponível e querer fazer as coisas, não estar contrariado e nem cômodo nas novas funções, desligar muito menos. Ele tem feito esse esforço e tem ajudado, não há dúvida nenhuma – disse Vítor em entrevista coletiva após o triunfo contra o Papo, na Neo Química Arena.

O treinador corintiano externou que, na sua visão, Róger tem alguns apagões durante as partidas, principalmente quando joga pelos lados do campo, setor em que o atleta já afirmou que deseja atuar.

– A minha relação com os jogadores é honesta, sincera. Já tinha dito ao Róger que, apesar da grande qualidade dele, para mim, tem muitos apagões no jogo: tem momentos que está e outros em que não está. Preciso que ele seja solicitado com bola. Se encostar nos laterais, tem momentos de apagões, depois reage tarde – comentou VP.

Para solucionar o problema identificado, Vítor Pereira pediu para Guedes uma maior movimentação aparecendo na área.

– O que eu pedi a ele, sabendo que ele não é um atacante de área, de referência, é um jogador que tem mobilidade, qualidade técnica, que sabe combinar, mas tem que aparecer na área e fazer gol, surpreender na hora de fazer o gol – contou Pereira.

Vítor lamentou que Róger tenha passado em branco contra o Juventude, mas deixou claro que está satisfeito com a postura atual do jogador. Guedes vive uma seca de 10 partidas sem ir ás redes.

– Pena hoje não ter feito um gol, mas estou muito satisfeito. É um jogador que, se tiver comprometido, tem muita qualidade – externou o profissional.

As últimas semanas amenizaram a relação conturbada que se gerou entre Vítor e Róger. A resposta do treinador sobre a ausência de respostas fez com que o atleta fizesse uma publicação nas suas redes sociais no dia seguinte, replicando alguns números positivos que tem na temporada, como o fato de ser o artilheiro.

No entanto, a insatisfação do atacante com o técnico já vinha de algum tempo atrás, conforme apurou o LANCE!. Além do incômodo por conta da posição, com Róger querendo ser escalado como ponta esquerda, mas atuando como centroavante na maioria dos jogos, também havia a bronca por ter ficado fora da ‘prateleira de cima’ da Libertadores no rodízio promovido por VP.

Róger Guedes não foi titular ainda em jogos do Corinthians pela Liberta e chegou a nem entrar em dois.

Últimas