Após derrota, Klopp reclama de pênalti, mas diz: 'Temos que aceitar'

Treinador admitiu que o Napoli jogou melhor que o Liverpool, mas não deixou de reclamar da marcação do pênalti que deixou os italianos em vantagem

Klopp não gostou da estreia do Liverpool na Champions

Klopp não gostou da estreia do Liverpool na Champions

Lance

Fora de casa, os atuais campeões da Champions foram derrotados em sua estreia na competição. Com um atuação bem abaixo do esperado, o Liverpool teve um revés frente ao Napoli, por 2 a 0, no Estadio San Paolo.

No entanto, apesar de não ter jogado bem, o Liverpool reclamou bastante da marcação do pênalti de Robertson em Callejón, que originou o gol de Mertens, que abriu o placar da partida. Klopp, após a partida, afirmou que o pênalti foi mal marcado.

"Não acho que isso seja um pênalti. O que posso dizer é que é claro e óbvio que não foi pênalti. Ele (Callejón) pula antes de qualquer contato, mas infelizmente já não podemos mudar isso", disse o treinador, antes de fazer uma análise da partida.

"A derrota dói porque tivemos chances. Foi um jogo aberto com muitos contra-ataques, mas não aproveitamos e isso é um problema. No segundo tempo, foi um jogo selvagem e disputado. Jogamos muito futebol, mas não aproveitamos. Controlamos momentos, mas não tivemos chances suficientes no final. Tomamos decisões que não foram certas e temos que aceitar o resultado. Muitas vezes era a bola não quer entrar", finalizou.

Hat-trick, campeão caindo e zebras: o melhor do 1º dia na Champions