Futebol Após demissão, Lisca se despede do Vasco: 'Trabalho não funcionou'

Após demissão, Lisca se despede do Vasco: 'Trabalho não funcionou'

Em vídeo, treinador agradeceu pela oportunidade, e disse que resultados ruins motivaram pedido de demissão

Lance

O treinador Lisca deixou o comando técnico do Vasco na tarde desta quarta-feira (8). De acordo com o clube, o profissional solicitou seu desligamento ao Departamento de Futebol. No anúncio, o comandante gravou um vídeo em que agradeceu pela oportunidade e revelou que os resultados não vieram e por isso teve a "hombridade" de tomar essa decisão.

-  A gente tentou de todas as maneiras buscas os objetivos do clube no curto prazo que a gente tinha para trabalhar e infelizmente os resultados não vieram. O nosso objetivo aqui era resultado em curtíssimo prazo - frisou o treinador, e emendou:

Treinador chegou no meio da temporada e não conseguiu os resultados esperados

Treinador chegou no meio da temporada e não conseguiu os resultados esperados

Lance!

- Como isso não aconteceu, hoje estou me desligando do clube e desejo um grande final de campeonato, que o Vasco busque seu objetivo que é o acesso. Que consiga fazer jogos melhores que fez comigo. É uma tristeza muito grande. Uma oportunidade que eu percorri trinta anos para conseguir espaço em um clube grande como o Vasco. Mas chega o momento que temos que ter hombridade de saber que o trabalho não funcionou nesse momento. Por isso tomei essa decisão e estou passando para agradecer a torcida vascaína e todos os colaboradores, dentro de tudo que eu falei. Muito obrigado a todos, espero voltar um dia ao clube em outra situação - completou.

Desde que assumiu o Cruz-Maltino, Lisca esteve 12 jogos à frente do time de São Januário, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas. Aproveitamento de pouco mais de 36%. Nas últimas semanas, ele pediu alguns reforços para fortalecer a equipe e encontrar o caminho para se aproximar do G4.

Com isso, o Vasco anunciou o atacante equatoriano Jhon Sánchez e o zagueiro Walber, que ainda não estrearam. Atualmente, o time ocupa a 9ª colocação com 32 pontos, a seis do G4. No entanto, a diferença pode aumentar, já que a equipe carioca tem um jogo a mais que alguns adversários e já entrou em campo pela 23ª rodada.

Santos demite Diniz e Brasileirão já tem 11 técnicos sem emprego

Últimas