Futebol Após deixar a Roma, José Mourinho é alvo de clube da Arábia Saudita

Após deixar a Roma, José Mourinho é alvo de clube da Arábia Saudita

Técnico foi demitido após resultados ruins no Campeonato Italiano e queda para a Lazio na Copa da Itália

Lance
Lance

Lance

Lance

José Mourinho pode estar de casa nova. O técnico português, demitido pela Roma na terça-feira (16), recebeu proposta do Al-Shabab, da Arábia Saudita, e está considerando a possibilidade de aceitar o movimento rumo ao Oriente Médio. A informação é do jornalista Matteo Moretto, do "Relevo".

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Ainda não há acordo entre as partes, mas as negociações estão em andamento, e Mourinho se mostrou disponível a topar o desafio. No verão europeu de 2023, durante a onda de contratações dos clubes sauditas, o comandante chegou a abrir conversas com o Al-Hilal, mas recusou um salário que definiu como "maior oferta por um treinador na história do futebol".

O nome do "Special One" ganhou força também na CBF nos últimos dias. A demissão repentina de Fernando Diniz levou a um movimento em massa nas redes sociais por parte de torcedores pela contratação do português. A entidade chegou a ponderar uma aproximação, mas o presidente Ednaldo Rodrigues escolheu Dorival Júnior para assumir o comando da Seleção Brasileira.

A escolha da Roma em demitir Mourinho gerou insatisfação entre os torcedores. O trabalho foi construído apenas com chegadas de jogadores por empréstimos ou transferências grátis, após punição por violações do Fair Play Financeiro. Ainda assim, o português levou o clube ao fim do jejum de títulos com a conquista da Conference League de 2021-22, e bateu na trave na Europa League da temporada seguinte, perdendo uma final polêmica nos pênaltis para o Sevilla.

➡️ Manchester City pode ser punido e rebaixado na Premier League; entenda situação

A demissão veio após resultados inconsistentes no Campeonato Italiano e uma eliminação dura para a rival local Lazio na Copa da Itália. Os Giallorossi ocupam apenas a nona colocação da Serie A, com 29 pontos em 20 jogos, a cinco de distância para o G4.

Últimas