Futebol Após Corinthians fazer história, Vítor Pereira exalta espírito do elenco, mas diz: 'Não queria sofrer tanto'

Após Corinthians fazer história, Vítor Pereira exalta espírito do elenco, mas diz: 'Não queria sofrer tanto'

Em plena Bombonera, Timão avançou às quartas de final da Libertadores deixando o Boca para trás: 'Muitas vezes o espírito supera as dificuldades'

Lance

O técnico Vítor Pereira sabe que tem muito a exaltar o elenco do Corinthians, classificado às quartas de final da Libertadores batendo o Boca Juniors, nos pênaltis, em plena Bombonera, nesta terça-feira. No entanto, mesmo com a vitória heroica, o treinador corintiano não amenizou os problemas de montagem da equipe.

+ GALERIA - Onde estão os jogadores do Timão que conquistaram a Libertadores há 10 anos

O Timão teve sete desfalques para o duelo diante os argentinos, mas teve que fazer duas alterações durante a partida, por conta de problemas físicos do zagueiro Joao Victor e o atacante Gustavo Mantuan.

+ TABELA - Vai dar Timão? Simule o mata-mata da Libertadores

No total, foram nove ausências, podendo chegar a 10 com Willian, que foi relacionado, mas por conta de um problema no ombro não saiu do banco de reservas.

– Foi bem por aí (sofrido), mas com organização também. Mas, evidentemente, não queria sofrer tanto, ter mais condições de jogar um jogo de melhor qualidade. Fomos organizados defensivamente. Embora o Boca tenha tido mais posse de bola, não sofremos tantas chances. Gostaria de ter mais 10 jogadores para melhorar a qualidade do jogo – destacou o treinador corintiano na entrevista coletiva após a partida.

Vitor Pereira

Vitor Pereira

Lance

Vítor Pereira na Bombonera (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)


Para o treinador corintiano, o triunfo em Buenos Aires foi no ‘espírito’ e mostrou que o grupo, mesmo com tantos desfalques e dificuldades, não se deixou levar pelos pontos negativos.

– Muitas vezes o espírito supera a dificuldades. A gente mesmo em meio as dificuldades não justificamos, batemos e competimos até o último minuto, até nos pênaltis. Vitória justa – comentou VP.

Mas o cenário foi de vitória, e Vítor Pereira não poupou exaltação ao comportamento do seu elenco.

– Foi uma vitória heroica, de um grupo heroica de jogadores que tem o espírito corintiano, sabe sofrer, sabe estar organizado e voltar e ir até o final. Fico feliz com a atitude que apresentamos hoje – destacou Pereira.

O Corinthians agora aguarda o seu adversário nas quartas de final da Libertadores, que sairá de Flamengo e Tolima, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O Rubro-Negro venceu a ida na Colômbia por 1 a 0.

Últimas