Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após caso de racismo em clássico, Inter de Milão e Juventus demonstram apoio a Lukaku

Atacante da Inter marcou o gol de empate na semifinal da Copa da Itália

Futebol|

Lance
Lance Lance

Durante o clássico entre Inter de Milão e Juventus, um novo caso de racismo no futebol acabou ocorrendo. A Velha Senhora vencia por 1 a 0, com gol de Cuadrado, mas no último lance, Bremer cometeu pênalti após toque de mão na área. Lukaku cobrou com precisão e empatou a ida da semifinal da Copa da Itália, mas o lance acabou sendo manchado pela torcida da equipe de Turim.

Antes da cobrança e durante a comemoração, o centroavante belga foi chamado de "macaco de m****" e viu a torcida fazer gestos e sons que imitavam um macaco. A resposta foi direta: Lukaku fez um sinal de silêncio para os italianos e acabou criando uma confusão generalizada, com expulsões de Cuadrado, Handanovic e do próprio autor do gol de empate. Na manhã desta quarta-feira, Inter e Juve fizeram pronunciamentos contra o ocorrido.

- Queremos deixar claro que estamos unidos contra o racismo e todas as formas de discriminação. O futebol e o esporte devem ser não só um veículo de emoções, mas também de valores claros e compartilhados, que nada têm a ver com o que vimos ontem à noite nos últimos minutos da semifinal da Copa da Itália em Turim. Por essa razão, reiteramos todo o nosso apoio, carinho e solidariedade a Romelu Lukaku, como o mundo do futebol está fazendo nestas horas. Vamos, Rom, estamos com você! - afirmou a Inter em comunicado oficial.

- A Juventus Football Club, como sempre, está colaborando com a polícia para identificar os responsáveis pelos gestos e gritos racistas ocorridos na noite passada. Também neste caso, o Código de Homologação será aplicado aos responsáveis - se posicionou a Juventus através do seu Twitter. A organização do Campeonato Italiano também condenou o episódio e disse que os clubes têm autonomia total para investigar os autores do crime de injúria racial e os manter fora dos estádios.

Publicidade

+ Inter segue viva na Champions; veja os confrontos

Com a expulsão, Lukaku desfalcará a Nerazzurri na volta da semifinal, que acontecerá no dia 26 de abril, às 16h, no Giuseppe Meazza. Quem vencer se classifica à final, que será disputada em 24 de maio, no Estádio Olímpico de Roma, contra o classificado de Cremonese x Fiorentina.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.