Futebol Após bom desempenho de jovens, São Paulo foca em renovação das crias de Cotia que subiram ao profissional

Após bom desempenho de jovens, São Paulo foca em renovação das crias de Cotia que subiram ao profissional

Crias da base como Caio, Beraldo e Luizão chamaram atenção devido aos seus desempenhos na equipe profissional do Tricolor paulista

Lance
Lance

Lance

Lance

Nesta temporada, algumas crias da base do São Paulo passaram a atuar pela equipe profissional do clube. Inclusive, alguns nomes foram titulares nas escalações recentes de Rogério Ceni e agradaram.


Galeria
> Copa do Brasil define os 16 classificados às oitavas; veja os times e data do sorteio dos duelos

Tabela
> Veja tabela do Brasileirão 2022 e simule os próximos jogos

Entre estes jogadores de Cotia que subiram de categoria estão: Caio, Lucas Beraldo, Palmberg, Luizão, Patryck e Léo Silva. Alguns deles tiveram seus desempenhos bastante elogiados por torcedores do Tricolor paulista.

Caio foi integrado ao elenco de Rogério Ceni após seu desempenho na última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O jogador de apenas 18 anos estreou no empate por 0 a 0 contra o Ituano, pelo Campeonato Paulista 2022.

Porém, seu jogo de destaque foi contra o Ayacucho, pelo último duelo do São Paulo na fase de grupos na Copa Sul-Americana - onde foi autor do gol da vitória em sua primeira partida como titular pelo profissional.

Lucas Beraldo também foi bem. O zagueiro estreou como titular na categoria igualmente contra o Ayacucho. O jogador de 18 anos foi um dos grandes nomes na defesa são-paulina na partida.

Em entrevista ao canal dos jornalistas Arnaldo e Tironi, Carlos Belmonte, diretor de futebol do clube, adiantou que a dupla já está com suas renovações encaminhadas.

- O Caio e o Beraldo faltam pequenos detalhes. Os valores já estão praticamente acertados. Acho que o Beraldo, ainda nessa semana, a gente já assina. O Caio, se não for na semana, é no comecinho da próxima - disse.

Até então, o contrato de "Caiobinha" com o São Paulo vai até março de 2024. Já o do defensor, até fevereiro de 2024.

Luizão é outro nome que passou a integrar a equipe de Ceni neste ano. O zagueiro estreou contra o Everton. Como titular, seu primeiro jogo foi contra o Jorge Wilstermann. Ambas as partidas foram válidas pela Copa Sul-Americana.

A cria de Cotia, de 20 anos, foi elogiada por Ceni após seu primeiro jogo sob o comando do treinador - visto que se tornou mais um nome para a zaga do São Paulo, setor escasso no time.

- No momento, não temos condições de contratar ninguém. Tenho o Luizão, que vem treinando bem, é da casa, entrou bem no último jogo, contra o Everton, no Chile. A janela só abre em junho - disse Rogério Ceni após o confronto em questão.

No Tricolor paulista desde 2017, tem vínculo até janeiro do próximo ano. Porém, Belmonte também adiantou que sua renovação está encaminhada.

- O zagueiro Luizão está muito perto também. É questão de valores, mas são valores pequenos, acho que em mais 10 ou 15 dias a gente resolve - disse.

Um dos nomes de Cotia que também subiu para o profissional e renovou com o clube recentemente é o de Palmberg.

Na última sexta-feira (27), o meia de 19 anos acertou seu novo acordo com o Tricolor paulista. Agora, seu vínculo vai até 2025. Na equipe desde o Sub-13, também estreou contra o Ayacucho na nova categoria.

Campeão do mundo pela seleção Sub-17 e recentemente convocado para a seleção Sub-20, Patryck é outro nome passível de renovação.
Embora ainda não tenha estreado pelo profissional, já integrou alguns treinamentos de Rogério Ceni. Seu contrato vai até maio de 2025.

Mais um que estreou contra o Ayacucho, Léo Silva, de 19 anos, renovou seu contrato no começo desta semana. Seu vínculo, que antes era válido até março de 2023, agora vai até o final de 2024.

Desde 2016 no Tricolor paulista, passou por todas as categorias, com destaque principalmente no Sub-17, onde disputou 60 partidas.

Todos estes nomes são boas opções para o treinador Rogério Ceni - que comumente costuma adotar o sistema de rodízio em suas escalações. Ainda mais que, por conta da dívida milionária do São Paulo, ajudam na reposição de certas posições sem precisar de novas contratações.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado (4) contra o Avaí, às 19h, no estádio da Ressacada, pelo Brasileirão 2022.

Últimas