Futebol Após acionar Fifa, São Paulo recebe cerca de R$ 2,6 mi do Porto por venda do zagueiro Éder Militão

Após acionar Fifa, São Paulo recebe cerca de R$ 2,6 mi do Porto por venda do zagueiro Éder Militão

Portuguesas atrasaram última parcela da venda do defensor, ocorrida em 2018. Atualmente, jogador defende o Real Madrid, onde é titular do clube merengue

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo recebeu, nesta quarta-feira (26), cerca de 400 mil euros (aproximadamente 2,6 milhões de reais), do Porto, pela venda do zagueiro Éder Militão, em 2018. A informação foi dada primeiramente pelo site Goal e confirmada pelo LANCE!.

Vai continuar? Veja a ligação entre São Paulo e a LG como patrocinadora do clube

De forma parcelada, o Tricolor vendeu Militão por 7 milhões de euros, sendo que 4 milhões ficariam com o São Paulo (parcelados) e 3 milhões para o estafe do jogador. O que atrasou foi a última parcela, de 378 mil euros, que, com juros, chegaram a aproximadamente 400 mil euros.

VEJA A TABELA E SIMULE JOGOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Nas últimas semanas, o São Paulo acionou o Porto na Fifa, pedindo o pagamento da dívida. A entidade máxima do futebol deu razão ao Tricolor e obrigou o Dragão a pagar o valor em 45 dias. O prazo acabou e o Porto chegou a ser punido com o temido 'transfer ban'.

Nesta terça-feira (25), finalmente o Porto pagou o valor devido ao São Paulo e vai se livrar da punição. Vale ressaltar que não foi o único valor que o Tricolor recebeu por Militão. Em 2019, o defensor foi vendido ao Real Madrid (ESP), onde está atualmente, por 50 milhões de euros (R$ 215 milhões, à época). O Tricolor recebeu 5,7 milhões de euros (R$ 25 milhões).

Cria da base são-paulina, Militão jogou no São Paulo entre 2017 e 2018, atuando em 57 partidas, com quatro gols marcados.

Últimas