Futebol Ao L!, Sávio avalia confronto difícil entre Real e Atalanta nas oitavas da Champions: 'Não tem jogo fácil'

Ao L!, Sávio avalia confronto difícil entre Real e Atalanta nas oitavas da Champions: 'Não tem jogo fácil'

Ex-jogador merengue afirma que clube da capital espanhola é um dos favoritos ao título europeu por conta da camisa pesada e do elenco forte que Zidane tem nas mãos

Lance
Lance

Lance

Lance

Sávio, ex-jogador do Real Madrid e detentor de três títulos de Liga dos Campeões pela equipe da capital espanhola, avaliou o sorteio das oitavas de final em que o clube merengue irá enfrentar a Atalanta. Em entrevista ao LANCE!, a cria do Flamengo analisou o momento do time de Zidane, afirmou que não há confronto fácil, mas coloca o gigante europeu entre os favoritos ao título.

> Veja a tabela da Liga dos Campeões

- Quando você entra no caminho das oitavas de final não tem jogo fácil. A Atalanta vem demonstrando nos últimos anos um time muito equilibrado, muito forte no setor defensivo e acho que será um confronto difícil. Mas o Real Madrid entra no mata-mata e parece que cresce muito, é incrível, é um pouco a mística do time.

Sávio - Real Madrid

Sávio - Real Madrid

Lance

Sávio atuou por cinco temporadas no Real Madrid (Divulgação)

Apesar do início complicado do time na Champions League e também no Campeonato Espanhol, Sávio coloca a equipe merengue entre as favoritas para ganhar o título. O peso da camisa e a qualidade do elenco são os dois principais pontos destacados por quem viveu de perto o vestiário do Santiago Bernabéu.

- Eu estive lá dentro durante cinco anos e tivemos momentos em que ninguém esperava que a gente fosse fazer algo, mas nós superamos (as adversidades). Tem uma camisa muito pesada na Europa, é de um respeito muito grande e apesar de momentos irregulares, tem um elenco muito forte. É o principal favorito? Pode ser que tenham outros clubes mais fortes, mas o Real Madrid é sempre muito forte.

Confira outros pontos da entrevista:

Zidane: Se você perde duas partidas no Real Madrid é momento de crise. è um time que tem muita pressão e você tem que ganhar sempre. O Zidane tem um respaldo por tudo o que conquistou como atleta e treinador, foram três títulos de Liga dos Campeões, dois Campeonatos Espanhóis. Futebol muda muito: há uma semana ele era questionado e agora tem três vitórias seguidas e classificação na Champions. O trabalho é extraordinário e tem que ser muito valorizado.

Peças chaves: A recuperação do Sergio Ramos e do Carvajal são fundamentais. o Carvajal equilibra muito o sistema defensivo. o Varane ao lado do Sergio Ramos cresce muito. Acho que vai ser importante para as oitavas de final recuperar o Valverde. O Hazard está em um momento muito instável. Mas apesar de todos os problemas, o Real Madrid está aí, entre os primeiros no Espanhol, classificado na Champions. Com toda a irregularidade, a gente vê como é forte o elenco.

Contrato de Sergio Ramos: Ele é um jogador extremamente focado. Essa indefinição não vai abalar o tipo de atleta que é o Sergio Ramos. É muito forte emocionalmente, é um líder e com toda essa questão está jogando muito bem.
Era pós-Cristiano Ronaldo: Eu acho que o Real Madrid sentiu a perda de um jogador extraordinário. O time estava acostumado com o seu estilo de jogo, com a liderança dentro de campo. E é difícil recuperar.

Liderança em campo: Os jogadores mais experientes, como Benzema, têm assumido esse papel, principalmente após a saída do Cristiano. Mas o futebol hoje não espera muito, então os garotos devem entrar e mostrar o potencial. O esporte está cada vez mais precoce. O Real Madrid é um clube que gera uma expectativa muito grande, então tem que ter personalidade.

Últimas