Ao L!, preparador físico elogia trabalho dos atletas do Botafogo: 'Comprometimento nos impressiona'

Felipe Capella afirma que a evolução física dos jogadores do Alvinegro é positiva e destaca a pré-temporada estendida para as pretensões de Alberto Valentim no começo de 2020

Lance

Lance

Lance

A estrutura do China Park tem colocado opiniões unânimes entre jogadores e membros da comissão técnica do Botafogo. Em totalidade, as pessoas que vieram ao hotel-fazenda localizado em Domingos Martins, na região serrana do Espírito Santo, são apenas elogios à estrutura. Ao LANCE!, Felipe Capella, preparador físico do Alvinegro, comentou sobre o local.

- Uma semana de muito trabalho com todos os atletas extremamente focados e dispostos a se doar ao máximo em cada sessão de treino. Ter vindo para o China Park foi fundamental para desenvolvermos a parte física dos atletas em um período extremamente curto que temos na pré-temporada - afirmou.

Com treinamentos em período integral na maior parte do período da pré-temporada, pelo menos uma atividade era focada, em grande parte, em trabalhos físicos. Por mais que os trabalhos envolvido bola fiquem de lado em um primeiro momento, Felipe Capella que este é o momento certo para focar na evolução corporal dos jogadores.

- Naturalmente o maior período onde ocorrem os trabalhos físicos é o da pré-temporada, é o período que antecede o calendário pesado de jogos que nós temos, a partir do momento que os campeonatos se iniciam, a prioridade da preparação física passa a ser os trabalhos neuromusculares, regenerativos e os específicos de acordo com a necessidade de cada atleta - analisou.

O Botafogo foi o clube que mais contratou dos quatro grandes do Rio de Janeiro - até aqui, oito contratações foram confirmadas, e Warley e Danilo Barcelos possuem acordos encaminhados. Apesar de tantas caras novas, Felipe Capella só possui elogios ao plantel.

- Os jogadores estão reagindo super bem, o nível de comprometimento e profissionalismo desse grupo é realmente algo que tem nos impressionado bastante, são atletas que nos dão prazer em trabalhar diariamente com eles. Possuímos semanas onde o treinador não consegue ter tempo de trabalhar a equipe, então todo tempo disponível que passamos a ter a prioridade passa a ser do treinador - admitiu.

Por uma pré-temporada mais longa - o Botafogo deixará o Espírito Santo na manhã da próxima sexta-feira -, o Alvinegro jogou as duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca com uma equipe formada por reservas e atletas sub-20. Apesar das duas derrotas no Estadual, Felipe Capella enxerga a estratégia como positiva.

- Os resultados estão sendo super positivos, a estratégia de ficarmos mais alguns dias com uma parte do grupo em pré-temporada nos permitirá termos mais 11 sessões de treinamentos, caso contrário, se não tivéssemos adotado essa estratégia nós iríamos realizar a menor pré-temporada dos últimos anos, seriam apenas 10 dias de treinamento - finalizou.