Antônio Carlos relembra gol do título Carioca com o Fluminense e revela futuro no futebol

Zagueiro foi o herói da vitória do Tricolor contra o Volta Redonda há 15 anos e fez até quadro com a imagem do lance para nunca esquecer

Lance

Lance

Lance

Há 15 anos o Fluminense levantava a taça do Campeonato Carioca pela 30ª vez na história. Aquele 17 de abril de 2005 foi especial para torcedores e jogadores, mas principalmente para o zagueiro Antônio Carlos, que se tornou herói ao fazer, de nuca, o gol que decretou a vitória tricolor por 3 a 1 sobre o Volta Redonda, que havia vencido o primeiro jogo por 4 a 3. Em contato com o LANCE!, o jogador relembrou a partida.

- Foi um prazer representar uma grande equipe e jogando uma final. São coisas que eu sonhava desde novo, uma sensação única fazer um gol, imagina o do título. Agradeço aos meus companheiros que me ajudaram. Até hoje nem sei o que eu estava fazendo lá na frente (risos). Foi muito especial mesmo. Fiz um quadro quase do tamanho da parede para não esquecer nunca daquele momento - disse.

- Claro que a semifinal deu uma grande confiança pra final, até porque o Flamengo tinha um grande time - completou, relembrando a vitória por 4 a 1 contra os rivais antes da decisão.

Antônio Carlos chegou às Laranjeiras em 2001, ainda para o time sub-20. Em 2005 ele era um dos jovens do elenco e naquele mesmo ano deixou o Flu rumo à França para jogar pelo Ajaccio. Depois, teve passagens por Athletico-PR, Atlético-GO, Botafogo e São Paulo antes de retornar ao Tricolor carioca em 2015.

Quadro Antonio Carlos Fluminense

Quadro Antonio Carlos Fluminense

Lance

Antônio Carlos fez quadro com o lance do gol (Foto: Arquivo Pessoal)

Aos 36 anos, ele garante que ainda não encerrou a carreira no futebol e revela que atuará pelo Olaria, clube que jogou antes de ir para a base do Fluminense. O último clube pelo qual atuou foi o Brasiliense, no ano passado. Depois, Antônio Carlos pensa em seguir a carreira dentro do futebol.

- Eu vou jogar no Olaria, o time que eu comecei a minha carreira.
Creio que possa ser o último. Espero ajudá-los a voltar a primeira divisão do Carioca. Já fiz um curso de gerente de futebol e espero começar a trabalhar com isso mais para frente - finalizou.