Futebol Ângelo revela carinho e desejo de fazer história no Santos

Ângelo revela carinho e desejo de fazer história no Santos

Garoto, de apenas 16 anos, foi adotado pelos jogadores mais experientes do elenco

Lance
Lance

Lance

Lance

Com apenas 16 anos, o atacante Ângelo vem se destacando no elenco profissional do Santos. É notável a alegria do Menino da Vila nos treinos no CT Rei Pelé. Titular na vitória do Peixe sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, por 2 a 1, na Vila Belmiro pelo duelo de ida da segunda fase da Copa Libertadores, o garoto atingiu a marca de jogador mais jovem a entrar em campo pelo Santos na história da competição.

> Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

- Sempre faço questão de falar que estou em um lugar especial. Sou muito feliz por estar aqui. É gratificante demais ser o mais novo a jogar uma Libertadores com essa camisa tão pesada que é a do Santos FC. Eu gosto de brincar bastante com os caras mais experientes do grupo. Sou assim mesmo no dia a dia, de bem com a vida. Jogar bola é o que mais amo no mundo, então não tem como estar triste aqui - revelou o Menino da Vila.

O atacante entrou para a história do Santos na partida contra o Fluminense, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro de 2020. Com 15 anos, 10 meses e quatro dias, ele tornou-se o segundo jogador mais jovem da história a atuar pelo profissional do Peixe, superando Pelé. Desde então, atuou em 12 partidas e foi "adotado" pelos mais experientes do elenco.

- Desde que cheguei fui muito bem recebido. Dá pra dizer que fui ‘adotado’ sim pelo Luiz Felipe, Pará, Soteldo, Marinho, tem o Felipe Jonatan também, que é mais chatinho, mas também cuida bastante. E eu encho muito o saco deles, né!? Tem que dar uma zoada, pô. O Pará, por exemplo, ganhou tudo no futebol e não arrumou nada na latinha dele. É feio demais. O Soteldo já gosta de ficar na resenha dando pancada nos outros. A gente brinca com todos e o ambiente aqui é bom demais. Eles acolheram eu e todos os meninos da base da melhor forma possível - comentou Ângelo.

Brincalhão, o camisa 27 também caiu na brincadeiras dos companheiros e revelou seu apelido dentro do clube. O garoto acumula convocações para Seleção Brasileira de base e assinou seu primeiro contrato profissional com o clube ainda em dezembro, com vínculo até 2023, com opção bilateral de extensão de mais dois anos.

“Um dia eu estava no DM, e então um dirigente estava passando por ali e falou que eu seria a nova promessa do Santos FC. Só que o Kaio Jorge, que é um brincalhão, acabou ouvindo de longe e saiu espalhando para todo mundo ‘olha aí a nossa promessa’. E então os caras, Jobson, Marinho, Felipe Jonatan, começaram a me zoar com isso e agora todos me chamam de ‘Promessa’ aqui dentro. Brincadeiras à parte, ainda não me vejo como promessa. Sei que preciso evoluir muito, ouvir os experientes e ir crescendo aos poucos. Vou trabalhar bastante para conquistar muita coisa e quem sabe fazer história aqui”, contou o atacante.

Últimas