Futebol Análise: Fluminense vê alternativas do elenco se destacarem em vitória em 'jogo de paciência' contra o Goiás

Análise: Fluminense vê alternativas do elenco se destacarem em vitória em 'jogo de paciência' contra o Goiás

Fôlego de Matheus Martins e os bons momentos de Alan e Michel Araújo são essenciais para levarem tricolores à vitória por 3 a 0 diante do Goiás

Lance
Lance

Lance

Lance

A última impressão que o Fluminense deixou no Maracanã em 2022 foi muito além do gol de número 43 de Germán Cano ou da euforia no 3 a 0 sobre o Goiás. Os tricolores comprovaram amadurecimento perante momentos desafiadores e de que pode achar alternativas até a rede.

A equipe de Fernando Diniz já tinha rondado a área esmeraldina e exigido Tadeu em jogadas de Arias, Yago Felipe e Ganso. Mas, após uma reta final de primeiro tempo titubeante, na qual as jogadas ficaram previsíveis e os erros apareceram, o treinador logo lançou uma de suas cartadas.

+ VÍDEO: Veja os detalhes da vitória do Fluminense sobre o Goiás

A entrada de Matheus Martins aumentou a velocidade do Fluminense, que voltou a ter uma série de chances e não se deixou afobar até, enfim, estufar a rede. Dos pés do Moleque de Xerém veio a jogada do gol de número 43 de Germán Cano na temporada.

As mãos de Fernando Diniz também indicaram o caminho da goleada. Pouco depois de entrar em campo, Michel Araújo foi preciso no lançamento para que Alan marcasse seu primeiro gol em seu retorno ao Tricolor das Laranjeiras.


Posteriormente, o ímpeto de Matheus Martins voltou a se destacar. O jovem teve perspicácia para se livrar um adversário e encontrar Michel Araújo, que definiu o jogo. Em 90 minutos, foram 23 chances (nove delas na meta esmeraldina), segundo o Sofascore, sem que os tricolores perdessem a intensidade.

Mesmo sem fazer grandes investimentos, o Fluminense chega à reta final do Brasileirão com a sensação de que tem um leque de opções que possa disputar competições de alto nível.

- O Martinelli de hoje não é o mesmo Martinelli que na época que eu voltei para cá. O Alexsander de hoje não é o mesmo que eu voltei para cá. Temos o Ganso que é genial, o Cano que é um grande artilheiro, o Arias que progrediu muito... Mas acredito que no coletivo as individualidades crescem- afirmou Fernando Diniz.

O Fluminense encara no domingo (13) o RB Bragantino, às 16h, no Nabi Abi Chedid. Para obter a segunda colocação do Brasileirão, a equipe precisa vencer e contar com uma derrota do Internacional diante do Palmeiras no Beira-Rio.

Últimas