Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

ANÁLISE: Corinthians segue em evolução com Luxemburgo, e vitória mostra que há vida sem Róger Guedes

Mesmo sem sua principal referência, Corinthians não se abalou e mostrou mais sinais de crescimento diante do Newell´s Old...

Futebol|Do R7


Lance
Timão está há oito jogos sem perder (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)

Horas antes de um duelo decisivo na Sul-Americana, o Corinthians e o torcedor foram abalados pela saída de Róger Guedes, principal jogador da equipe na temporada. O baque emocional seria suficiente para justificar uma queda de rendimento diante do Newell´s Old Boys, mas o grupo teve personalidade para construir a virada, e o principal responsável foi Luxemburgo.

+ Renove o seu estoque de camisas do Timão com o cupom LANCEFUT 10% OFF

O treinador decidiu “olhar com mais carinho” para a Sul-Americana, mudou sua estratégia e colocou uma equipe com mais titulares do que reservas. Sem o camisa 10, o treinador montou a equipe no 4-3-3, com Biro aberto pela esquerda e Adson na direita.

O Corinthians imprimiu um ritmo ofensivo e com uma intensidade no meio-campo jamais vista com Luxemburgo. Os encaixes funcionaram, e o Timão criou diversas chances nos erros do Newell´s Old Boys. Porém, a equipe pecava no último passe ou na hora da finalização.

Publicidade

Mesmo sem o gol, o Timão caminhava para um primeiro tempo bastante positivo, mas os jogadores tiveram um curto momento de descontrole após confusão no final do primeiro tempo, e os argentinos abriram o placar em falha do sistema defensivo.

Na volta do intervalo, Luxa teve que colocar Carlos Miguel no lugar de Cássio, e mais uma vez o reserva mostrou serviço e fez duas importantes defesas na reta final da partida. Além de mexer no gol, o treinador colocou Romero e Wesley em campo.

Publicidade

+ Veja tabela e saiba horários dos confrontos pelas oitavas de final da Sul-Americana

As duas alterações foram cruciais para a virada do Timão, que voltou para o segundo tempo na mesma pegada e empatou logo cedo, após Yuri Alberto converter pênalti sofrido por Ruan Oliveira. Minutos depois, o paraguaio cruzou na medida para Wesley, e o garoto do Terrão fez explodir a Neo Química Arena.

O Corinthians ainda vai sofrer e sentir a ausência de Róger Guedes durante a reta final da temporada, mas a vitória sobre o Newell´s é a prova de que o elenco corintiano é qualificado e Luxemburgo está potencializando coletivamente a equipe. O Timão deixou de ser um time tímido e questionável e vem dando mostras que pode ser intenso e confiável.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.