Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

ANÁLISE: atuação de Renato Augusto contra o Botafogo mostra que o Corinthians precisa renovar com o jogador

Com 45 minutos em campo, camisa 8 foi o principal responsável pela mudança de postura do Timão contra o líder do Brasileirão...

Futebol|Do R7


Lance
Renato está no último ano de contrato com o Timão (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

Se o problema de Renato Augusto é físico, basta o Corinthians anunciar que está em busca de um joelho novo. Certamente muitos corintianos vão entrar na fila para fazer a doação, pois é nítida a evolução da equipe alvinegra quando o camisa 8 está em campo. 

+ Renove o seu estoque de camisas do Timão com o cupom LANCEFUT 10% OFF

É bem verdade que Renato vinha de algumas atuações pouco empolgantes, entre elas a no empate com o Grêmio, na segunda-feira (18), mas é incrível o quanto o Timão ganha quando o meio-campista está em campo. 

O primeiro tempo corintiano foi pobre em questões de criatividade, mesmo jogando metade dele com um jogador a mais. Luxemburgo, na entrevista coletiva depois da partida, até admitiu que não tem um meio-campo de intensidade, mas nem uma troca de passes contundente possui sem Renato Augusto em campo. O jogo corintiano sem um meia de articulação é um amontoado de bolas nas pontas que, contra o Botafogo, tinha os garotos Pedro e Wesley até tentando ir para cima, mas quase sempre errando as tomadas de decisões. 

Publicidade

+ Veja tabela e simule os jogos do Timão no Brasileirão

Quando Renato Augusto entrou, o Corinthians ganhou em fluidez, passou a ser mais contundente, teve mais finalizações de fora da área. Agrediu e fez valer a superioridade numérica. Ganhou o jogo. Comandado por um jogador que é uma incógnita, por conta da sua inconstância física, mas que é diferenciado na sua natureza. 

Dois anos de contrato seria precipitado, mas se o Timão pretende fazer um processo de renovação com o novo grupo que comandará a equipe na partida de janeiro, é fundamental que tenha Renato como uma voz de experiência. Não dá para descartar um jogador desse nível. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.