Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Alívio financeiro: como classificação na Copa do Brasil ajuda o caixa do Corinthians

Ao eliminar o Remo na terceira fase da Copa do Brasil, Timão faturou R$3,3 milhões em premiações da CBF

Futebol|

Lance
Lance Lance

A classificação contra o Remo, na terceira fase da Copa do Brasil, vai além do peso esportivo para o Corinthians. Com a vaga assegurada às oitavas de final, o Timão garantiu mais R$3,3 milhões em premiações da CBF. O Alvinegro venceu a equipe paraense por 2 a 0 no tempo normal e eliminou o time do Pará nos pênaltis, por 5 a 4.

+ Guedes brilha, Cássio pega pênalti e vira herói na classificação do Corinthians na Copa do Brasil

O Corinthians já havia embolsado R$ 2,1 milhões só por estar participando da terceira fase, tendo "pulado" os dois primeiros confrontos por conta da classificação para a fase de grupos da Libertadores. Com isso, o Corinthians já faturou R$5,4 milhões de premiação na Copa do Brasil.

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o Timão!

Publicidade

Com isso, o Timão cumpre a meta orçamentária traçada para 2023: chegar às oitavas de final da competição. Neste ano, o Corinthians já não cumpriu a meta financeira do Paulistão, caindo nas quartas de final. O planejado pela diretoria era chegar ao menos na semifinal.

Publicidade

As outras metas orçamentárias do Corinthians para as principais competições na temporada são: oitavas de final da Copa Libertadores e sétimo lugar do Campeonato Brasileiro.

+ Veja os confrontos da terceira fase e os classificados na Copa do Brasil

Além das metas financeiras, a classificação às oitavas de final é um alívio nos cofres corintianos, tendo em vista a renda que clube irá obter nas próximas fases, além de possíveis acordos e parcerias.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.