Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ajax perde mais uma no Campeonato Holandês e amarga pior crise de sua história

Gigante holandês sofreu um gol no último minuto na derrota para o Utrecht

Futebol|Do R7


Lance
Ajax perde mais uma na Eredivisie e vive crise sem precedentes (Foto: Divulgação)

Um dos clubes mais tradicionais do futebol europeu, o Ajax vive aquela que talvez seja a maior crise em 123 anos de história. Neste domingo (22), a equipe de Amsterdã sofreu uma dura derrota por 4 a 3 diante do Utrecht, com gol nos acréscimos, e agora amarga a penúltima posição na tabela do Campeonato Holandês, com apenas cinco pontos em sete jogos disputados.

Alguns fatores podem justificar o calvário vivido pelo Ajax, como a saída do técnico Erik ten Hag, que deixou o futebol holandês para se juntar ao Manchester United no início da última temporada. A diretoria, até o momento, não encontrou um treinador que mantivesse o nível à altura e o Ajax, desde então, não conseguiu se encontrar.

➡️ Você quer trabalhar no seu clube do coração? Matricule-se no curso Gestor de Futebol e entenda como!

Outra situação que ajuda a explicar o péssimo momento do clube foi a saída de Marc Overmars, ídolo do Ajax como jogador e ex-diretor de futebol. Overmars deixou seu antigo posto após confessar ter assediado sexualmente diversas funcionárias do clube em fevereiro de 2022. O Ajax anunciou Sven Mislintat como seu substituto em maio de 2023, deixando o clube sem um diretor esportivo por mais de um ano.

Publicidade

+ No apagar das luzes e com Mourinho expulso, Roma vence Monza pelo Campeonato Italiano

Maurice Steijn, atual comandante da equipe, chegou a reclamar publicamente da janela de transferências ruim do Ajax: "Só Josip Sutalo trouxe uma melhora direta para o elenco. Os 11 restantes precisam ser avaliados nas próximas semanas e meses", disse o treinador na época. Sven Mislintat foi demitido no mesmo dia de um clássico contra o Feyenoord, que foi interrompido quando o Ajax perdia por 3 a 0 e sinalizadores foram atirados no gramado. A partida foi remarcada e a equipe de Amsterdã sofreu mais uma derrota para o seu grande rival, 4 a 0.

Não faz muito tempo que o Ajax figurou entre a elite europeia. Em 2017, o tetracampeão da Champions League jogou a final da Liga Europa contra o Manchester United de José Mourinho, mas acabou derrotado. Dois anos depois, em 2019, o Ajax, já sob o comando de Erik ten Hag, derrubou gigantes como Real Madrid e Juventus, chegando até a semifinal da Liga dos Campeões. Em 2023, a situação é bem diferente e o horizonte não é dos melhores para um dos clubes mais tradicionais do Velho Continente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.