Futebol Agente cobra dívida milionária do São Paulo na Justiça por Everton

Agente cobra dívida milionária do São Paulo na Justiça por Everton

Carlos Leite entrou com um pedido de R$ 5,5 milhões referente a um empréstimo dado ao clube em 2018 durante a negociação pelo atacante, que era do Flamengo

Lance
Lance

Lance

Lance

R$ 5,5 milhões é o valor cobrado pelo empresário Carlos Leite ao São Paulo na Justiça referente a um empréstimo de R$ 11 milhões dado por ele ao clube em abril de 2018 para a compra do atacante Everton, então no Flamengo.

A informação foi divulgada pelo site Globoesporte.com. Everton foi contratado por R$ 15 milhões, que era o valor da multa rescisória. Segundo Leite, ele emprestou ao Tricolor paulista o montante de R$ 11 milhões para ajudar na negociação.

Segundo o acordo, o São Paulo deveria pagar R$ 4 milhões ao empresário até o final de agosto de 2018, além de 30 parcelas de R$ 244 mil entre junho daquele ano e novembro de 2020.

Porém, conforme apurado pela reportagem, o clube teria pago apenas R$ 4 milhões e 14 parcelas, restando, ainda, as 16 finais de R$ 244 mil, ou seja, R$ 3,9 milhões. O valor ajustado é de R$ 5.579.443,23, com juros.

A matéria ainda aponta um acordo entre as partes de que o clube paulista seria obrigado a usar o dinheiro de uma eventual venda do zagueiro Rodrigo Caio, hoje no Flamengo e que naquela época, em 2018, era agenciado por Carlos Leite. O São Paulo ainda não se manifestou sobre o caso.

Últimas