Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Adversário do Botafogo, Guaraní aposta em postura aguerrida para levar a melhor em duelo decisivo na Sul-Americana

Mesmo com tropeço na ida, equipe paraguaia confia na força de seu futebol para se impor no Defensores del Chaco

Futebol|Do R7


Lance
Federico Santander: esperança de gols dos "aborígenes" (Foto: Divulgação / Guaraní)

A confiança em seu espírito de luta move o Guaraní, do Paraguai, às vésperas da equipe encarar o Botafogo no segundo jogo das oitavas de final da Copa. Mesmo com a derrota por 2 a 1 no primeiro jogo para os alvinegros, os "aborígenes" se espelham no empenho que a equipe teve no jogo de ida para conseguir se superar no Defensores del Chaco.

O confronto está marcado para as 19h desta quarta-feira (9), no Estádio Defensores del Chaco.

+ Copo Stanley a partir de R$120,00. Bebida gelada nos 90' de jogo do Líder!

Uma das referências do Guaraní, Federico Santander apontou que cabe à equipe redobrar sua atenção para não dar brechas aos comandados de Bruno Lage.

Publicidade

- Acredito que Botafogo conseguiu os seus gols (no jogo no Nilton Santos) só de bola parada. Estivemos bem em todos os sentidos e eles praticamente não tiveram espaço. Estamos confiantes de que a equipe no Paraguai vai ganhar - afirmou ao Lance!, em entrevista após o primeiro jogo.

O atacante, porém, deixa um alerta para a defesa "aborígene" em relação à segunda partida.

Publicidade

- O Botafogo é líder do Brasileiro, tem uma grande equipe. Nota-se que tem muitos bons jogadores, sobretudo criadores. Mas continuamos bem o trabalho. Nossos meias centrais são muito batalhadores. Estamos confiantes de que podemos conseguir no Paraguai - afirmou Santander.

MESMO SEM TIQUINHO, CUIDADO COM O ATAQUE ALVINEGRO

Para a partida de volta, o Botafogo não contará com Tiquinho Soares. Com uma lesão no joelho esquerdo, o camisa 9 ficará longe dos gramados por até cinco semanas. O técnico Juan Pablo Pumpido destaca o artilheiro alvinegro, mas garante que segue de sobreaviso.

- A presença de Tiquinho foi vital na primeira partida para o Botafogo melhorar no segundo tempo. No entanto, da mesma forma, a equipe tem alternativas que estão à sua altura e temos que ser cuidadosos com seus possíveis substitutos - afirmou.

Sem Tiquinho, o Glorioso deve depositar as fichas em Janderson. O jovem havia entrado como titular na vitória por 2 a 1 do Botafogo sobre a equipe paraguaia.

Pumpido destacou a mobilização do elenco perto de medir forças com o Glorioso.

- Esperamos ter outra boa atuação futebolística, mas desta vez com o resultado a nosso favor. Certamente, os defensores nos empurrarão para mudar este panorama. O elenco está muito confiante em conseguir este feito - disse.

Com a vantagem no jogo de ida, o Botafogo se classifica tanto com uma vitória quanto com um empate. Vitória do Guaraní por um gol força que a decisão da vaga vá para os pênaltis. Caso os paraguaios vençam por dois ou mais gols, a classificação "aborígene" estará selada.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.