Futebol Adiamento, protestos na Colômbia e Covid-19: Fluminense convive com mudanças na Libertadores

Adiamento, protestos na Colômbia e Covid-19: Fluminense convive com mudanças na Libertadores

Tricolor teve a partida contra o Cerro Porteña adiada para o próximo dia 3 de agosto e viu agenda ficar ainda mais complicada com a competição continental

Lance
Lance

Lance

Lance

O Fluminense se solidarizou com o trágico acidente que resultou na morte do filho de Francisco Arce, técnico do Cerro Porteño, e aceitou adiar o jogo de volta das oitavas de final da Libertadores. O duelo seria nesta terça-feira e acontecerá no dia 3 de agosto. Mas essa não é a primeira vez que o Tricolor precisará mudar os planos em cima da hora na competição.

+ Fluminense ultrapassa R$ 387 milhões com vendas de joias de Xerém em 10 anos; relembre

De volta à Libertadores após oito anos, o Flu teve problemas nas duas vezes que precisou ir até a Colômbia. Primeiro, para enfrentar o Independiente Santa Fe (COL), o time chegou a ir para Bogotá, mas a prefeitura local aumentou as medidas restritivas por conta do avanço da Covid-19 e proibiu a realização do jogo. Assim, no dia do duelo a delegação carioca precisou ir para a cidade de Armenia, chegando apenas algumas horas antes de entrar em campo.

Veja a tabela do Brasileirão

Depois, quando enfrentou o Junior Barranquilla (COL), o Fluminense foi até a Colômbia, mas os protestos civis em várias cidades fizeram a Conmebol deslocar todas as partidas no país. Assim, o Tricolor precisou viajar a Guayaquil, no Equador, chegando às 22h (horário local) do dia anterior ao confronto.

Na partida diante do River Plate (ARG), no Monumentald de Núñez, ainda havia a incerteza com relação ao time argentino por conta de um surto de Covid-19 que tirou diversos atletas das duas últimas rodadas da fase de grupos. A maioria já havia voltado contra o Flu, mas novamente o clube foi protagonista em uma situação marcante desta Libertadores.

No caso da partida contra o Cerro, a mudança de logística é mais fácil pois o jogo será no Maracanã. A equipe acabou ganhando uma semana completa de treinos antes de entrar em campo novamente (pelo Brasileirão, contra o Palmeiras, no sábado), mas a CBF precisou passar a volta da Copa do Brasil contra o Criciúma para 7 de agosto, um sábado e adiar o jogo América-MG x Fluminense da 15ª rodada do Brasileiro, que seria dia 8.

O Flu passou em primeiro lugar na fase de grupos, deixando o River Plate em segundo. O Junior Barranquilla ficou com a vaga na Sul-Americana. Depois, abriu 2 a 0 nas oitavas de final contra o Cerro Porteño e fará o confronto de volta no próximo dia 3, terça-feira.

Últimas