Futebol 4-4-2 ou 3-5-2? São Paulo vive 'dilema' no esquema tático

4-4-2 ou 3-5-2? São Paulo vive 'dilema' no esquema tático

Sem Arboleda, convocado para a seleção equatoriana, Ceni pode voltar a utilizar um sistema com quatro na defesa, ou substituir o defensor por outro jogador da posição

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Rogério Ceni tem um 'dilema' para resolver no São Paulo que enfrenta o Fortaleza, nesta quarta-feira, às 21h30, no Castelão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sem o zagueiro Arboleda, convocado para a seleção do Equador que disputa ás Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, o Tricolor pode voltar a jogar no esquema com quatro defensores, usado por Ceni em seus primeiros jogos nessa volta ao clube do Morumbi.

Se optar por esse modelo de jogo, a zaga deve ser composta por Miranda e Léo, com Orejuela e Reinaldo na lateral-esquerda. Essa defesa atuou junta na estreia de Ceni contra o Ceará, em empate por 1 a 1, no Morumbi. O 4-4-2 também foi utilizado na vitória sobre o Corinthians (1 a 0) e na derrota para o Red Bull Bragantino (0 a 1).

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

Já o 3-5-2, esquema comum com Hernán Crespo, foi usado por Ceni na vitória sobre o Internacional, por 1 a 0, no Morumbi. Na ocasião, Arboleda, Miranda e Léo formaram o trio defensivo. Contra o Bahia, em derrota pelo mesmo placar, novamente os três defensores foram utilizados.

O mais provável é que Ceni volte a utilizar o 4-4-2 contra o Fortaleza, montando o sistema defensivo com Orejuela, Miranda, Léo e Reinaldo. O Tricolor precisa da vitória para se afastar da zona de rebaixamento. Até aqui, o time é o 14º colocado, com 37 pontos.

Últimas