Fortaleza joga bem, vence o Goiás fora de casa e sobe na tabela

Tricolor foi melhor ao longo dos 90 e acabou com a seca de vitórias que durava quatro partidas

Wellington Paulista marcou na vitória dos cearenses

Wellington Paulista marcou na vitória dos cearenses

Lance

Na Serrinha, em Goiânia, o Fortaleza não tomou conhecimento do Goiás e reencontrou com a vitória depois de quatro jogos. O resultado de 3 a 1 levou o Tricolor aos quatro pontos, na 14ª posição. O Verdão é o penúltimo, com apenas um ponto.

Na próxima rodada, o Goiás faz clássico com o Atlético-GO, na Serrinha. O Fortaleza visita o Corinthians, em São Paulo.

O jogo

Os dois times ainda se estudavam quando o Fortaleza abriu o placar. No cruzamento rasteiro da esquerda, Wellington Paulista finalizou forte para abrir o marcador a favor dos visitantes, 1 a 0.

O Goiás até tentou buscar o empate, mas esbarrava na limitação do seu jogo. Sendo assim, o jeito foi apostar na bola parada. Victor Andrade assustou de cabeça e Rafael Vaz levou perigo em cobrança de falta.

Na reta final do primeiro tempo, o Fortaleza retomou o controle e assustou Tadeu em bomba de Romarinho.

Na etapa final, a chance de reação do Goiás acabou na casa dos 13 minutos. Na sobra do escanteio, Yuri César pegou de fora da área, a bola resvalou em Bruno Melo e entrou.

O gol derrubou o time esmeraldino, que escapou de levar mais um graças ao poste, que explodiu na trave de Tadeu. Aos 23 não teve jeito. Yuri César se colocou bem no cruzamento da esquerda e ampliou, 3 a 0.

Na reta final do confronto, o Goiás diminuiu. Jefferson, da intermediária, soltou uma bomba cheia de efeito e venceu Felipe Alves, 3 a 1.

GOIÁS 1 X 3 FORTALEZA
Local:
Serrinha, Goiânia (GO)
Data-Hora: 19/8/2020 – 20h30
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Katiuscia Berger Mendonça (ES)
VAR: Igor Junio Benevenuto (MG)
Cartões amarelos: Luiz Gustavo, Rafael Vaz, Zeca, Sandro (GOI), Juan Quintero(FOR)
Gols: Wellington Paulista (7’/1ºT) Bruno Melo (13’/2ºT) Yuri (23’/2ºT) Jefferson (34’/2ºT)

GOIÁS: Tadeu; Pintado (Zeca, ao 0/2ºT), Fabio Sanchez, Rafael Vaz e Heron (Jefferson, aos 28/2ºT); Luiz Gustavo, Sandro (Breno, aos 17/2ºT) e Daniel Bessa; Keko (Mike, aos 23/2ºT), Douglas Baggio e Victor Andrade (Ratinho, aos 17/2ºT). Técnico Ney Franco.
FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero (Paulão, ao 0/2ºT), Jackson e Bruno Melo; Juninho, Felipe (Ronald, aos 27/2ºT) e David (Yuri César, ao 0/2ºT); Romarinho (Gabriel Dias, aos 32/2ºT), Osvaldo (Franco Fragapane, aos 33/2ºT) e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.

Goleiro Bruno tenta bater pênalti, mas é impedido por companheiro