Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fortaleza deve promover a estreia de Machuca como titular frente ao Libertad

Jogador de 23 anos de idade deve formar trio de ataque no Leão do Pici

Lance

Lance|Do R7


Lance
Imanol Machuca (Matheus Amorim/Fortaleza EC)

O Fortaleza terá uma importante ajuda no duelo com o Libertad, nesta terça-feira (1), às 19h (de Brasília), pelo confronto de ida das oitavas de final da Sul-Americana. Isso porque Imanol Machuca, anunciado na última semana, deve ser titular na equipe de Vojvoda.

No Campeonato Argentino, defendendo o Unión, o atacante apresentava uma média de 5,3 dribles por partida, estabelecendo-se como o maior driblador da competição. Em comparação ao principal jogador com esse fundamento no Campeonato Brasileiro, John Arias, do Fluminense, que possui uma média de 3,4 dribles por jogo, Machuca alcança um rendimento quase duas vezes maior ao do concorrente.

>Assista aos jogos do seu clube do coração com aquela gelada! Copo Stanley a partir de R$ 120,00

- Estamos empolgados com a chegada do Machuca ao Fortaleza. Ele é um jogador jovem, com um futuro brilhante pela frente, e seu talento como driblador é inegável. Sua contratação fortalece nosso setor de ataque, especialmente após a venda do Moisés - destaca o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz.

Publicidade

Contratação mais cara da história do futebol cearense, com o valor de R$ 12,5 milhões, o atacante demonstra versatilidade, podendo atuar tanto na ponta esquerda quanto no meio-campo. Ao longo do ano de 2023, registrou a marca de cinco gols em 23 partidas disputadas. Seu talento e desempenho chamaram a atenção do técnico Juan Pablo Vojvoda, que o recomendou pessoalmente para fortalecer o elenco do clube.

O POTENCIAL DO DRIBLE

Publicidade

Estatísticas fornecidas pela empresa 'SofaScore', especializada em análise esportiva, revelam que o fundamento do drible tem sido escasso no Campeonato Brasileiro nos últimos anos. Em edições anteriores, nenhum jogador apresentou uma média superior a quatro dribles por partida. A última vez que essa marca chegou a ser alcançada foi em 2020, quando o meia Índio Ramirez, atuando pelo Bahia, registrou 4,1 dribles por jogo. Com a chegada de Machuca ao Fortaleza, o jogador pode representar uma reviravolta nessa tendência, trazendo o fundamento novamente ao centro das atenções do futebol brasileiro.

A ausência de jogadores com essas habilidades preocupa os dirigentes e torna-se uma questão tratada com atenção especial na formação do elenco do Fortaleza. Marcelo Paz aproveitou para explicar como o processo de scout foi conduzido para a contratação.

Publicidade

- Analisamos minuciosamente o desempenho do atleta e ficamos impressionados com suas habilidades. O contrato de quatro anos e meio foi pensado estrategicamente para valorizá-lo e, quem sabe, abrir caminho para um grande negócio no futuro. No entanto, é importante frisar que, neste momento, nosso principal foco está no aspecto esportivo, buscando sua contribuição dentro de campo. Acreditamos que ele trará um diferencial significativo ao time e, naturalmente, o aspecto financeiro será considerado - pontua o dirigente.

Outra iniciativa para estimular e recuperar a essência dos dribles no futebol brasileiro é o X1 Brazil Combate, uma competição de um contra um que proporciona aos fãs o fundamento em estado puro. O evento, que tem ganhado popularidade em diversas regiões do país, terá a próxima edição em Natal, no dia 4 de agosto.

- Um dos objetivos da X1 Brazil é resgatar o que o futebol brasileiro tem de melhor e temos cumprido com a missão. Já observamos que muitos jogadores profissionais são fãs da modalidade e que garotos também têm praticado. O drible faz parte do nosso futebol e não podemos deixar esse rico artifício de lado. O interesse do torcedor também aumenta quando o jogo é mais criativo. Temos comprovado isso no X1 Brazil Combate com ginásios lotados em Fortaleza, Recife e agora também em Natal - afirma Davi Oliveira, Gerente de Projetos da X1 Brazil.

No Campeonato Brasileiro, os dribles de Imanol Machuca podem se tornar um diferencial fundamental para o Fortaleza alcançar bons resultados. O clube vem de três derrotas seguidas na liga nacional e a expectativa é a de que o argentino traga novos ares para a equipe até o final da temporada.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.