Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fórmula 1: Christian Horner é inocentado em investigação de 'condura imprópria'

RBR mantém dirigente após processo conduzido por investigadores independentes

Lance|

Lance
Lance Lance (Lance)

O chefe da escuderia Red Bull Racing, Christian Horner, foi absolvido da acusação de "comportamento inapropriado". A companhia de bebidas energéticas anunciou a decisão nesta quarta-feira (28), às vésperas do início da temporada 2024 do Mundial de Fórmula 1, com o GP do Bahrein.

Em um comunicado da Red Bull GmbH, a empresa com sede na Áustria afirmou que a denúncia "foi desconsiderada" após uma investigação "justa, rigorosa e imparcial".

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

- A investigação independente sobre as alegações feitas contra o sr. Horner está completa, e a Red Bull pode confirmar que a queixa foi dispensada. A reclamante tem direito a recurso. O relatório da investigação é confidencial e contém as informações privadas das partes e dos terceiros que auxiliaram na investigação, e por isso não comentaremos por respeito a todos os envolvidos. A Red Bull vai continuar a se esforçar para atender aos mais altos padrões no ambiente de trabalho - diz nota.

Publicidade

➡️ Horner é acusado de assédio sexual por funcionária da RRB, diz jornal

Entenda o caso

Publicidade

O caso estourou no início de fevereiro após o jornal holandês De Telegraaf revelar que Horner estava sendo investigado. O dirigente negou as acusações.

Dez dias depois, uma nova reportagem do veículo holandês apontou que a conduta imprópria teria cunho sexual: Horner teria enviado mensagens sugestivas a uma funcionária por um "período de tempo considerável".

O processo de investigação durou semanas e foi conduzido por investigadores independentes à marca.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.