Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fluminense vai na contramão do Botafogo em busca do sucesso e coloca filosofias frente a frente em Clássico Vovô

Na Era Fernando Diniz, Alvinegro já teve sete treinadores

Lance

Lance|Do R7

Imagem da notícia

No Clássico Vovô, Fluminense e Botafogo fazem um duelo de filosofias opostas em relação a como enxergam o futebol. Pelo menos em relação aos últimos dois anos dos dois clubes.

➡ Clique para assinar o Premiere por 30 dias grátis!

No período em que Fernando Diniz comanda o Tricolor, o Glorioso já foi comandado por seis técnicos diferentes: Luís Castro, Claudio Caçapa, Bruno Lage, Lúcio Flávio, Tiago Nunes, Fábio Matias e Artur Jorge. Sete nomes em pouco mais de dois anos.

Enquanto o Botafogo esteve perto de vencer - bateu na trave no Brasileirão -, o Fluminense mudou de patamar. Com Fernando Diniz, o Time de Guerreiros conquistou duas vezes o Campeonato Carioca e a inédita Libertadores.

Publicidade

Na atual temporada, o Tricolor vive um período marcado por oscilações, principalmente no Campeonato Brasileiro. Na competição continental, a equipe fez a segunda melhor campanha do clube na história e também está classificada às oitavas de final da Copa do Brasil.

Por outro lado, o Alvinegro luta pela liderança do Brasileirão, mas "sofreu" na Libertadores após um início ruim em meio a mudança no comando técnico. No entanto, Artur Jorge parece se acertar cada vez mais com o elenco.

Publicidade

Derrotado pelo Botafogo nos últimos quatro clássicos, sendo dois jogos com Luís Castro, um com Lúcio Flávio e outro com Fábio Matias, o Fluminense espera dar uma resposta no confronto. Principalmente após encerrar o jejum sem vitórias contra rivais do Rio de Janeiro diante do Vasco.

Com tempo de recuperação e treinamento, o Tricolor conta com força quase máxima (Jhon Arias está na Colômbia) para encarar o adversário. E dar mais uma prova de que a manutenção de um trabalho duradouro tende a dar mais frutos do que sucessivas interrupções e mudanças excessivas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.