Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fluminense não dá sinais de recuperação e pode ter clássico de 'vida ou morte' para Diniz

Tricolor ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro

Lance

Lance|Do R7


Imagem da notícia

Apesar do bom início de jogo contra o Cruzeiro, o Fluminense não fez uma grande exibição e sofreu sua sexta derrota no Brasileirão. Na lanterna, o Tricolor volta ao Rio de Janeiro com foco no clássico contra o Flamengo.

➡️ Assine o Premiere no Prime Video e aproveite 30 dias grátis!

Precisando do triunfo diante da Raposa para espantar a má fase, o Time de Guerreiros finalizou nove vezes ao longo dos 90 minutos. Mas apenas três vezes na segunda etapa, que era quando a equipe precisava dar uma resposta após encerrar o primeiro tempo em desvantagem no placar.

É preciso pontuar que o Fluminense atuou com diversos desfalques por motivos diferentes, mas o desempenho seguiu abaixo do visto em 2023. Com isso, o risco de queda aumentam e as chances de recuperação diminuem.

Publicidade

- O time hoje não foi o mesmo time que jogou contra o Botafogo, Juventude ou Atlético-GO. A equipe jogou bem diante do Cruzeiro, dentro das nossas características com um time muito mexido. Conseguimos produzir. Poderíamos ter vencido o jogo. Teve um pênalti totalmente inexistente, na minha opinião. O árbitro teve interferência direta na partida. E agora a equipe está voltando. Deu uma resposta positiva que não se traduziu no resultado. O clube pode voltar a ganhar e fazer uma grande temporada ainda - analisou o treinador após a derrota para o Cruzeiro.

No domingo (23), o Tricolor tem um jogo que pode ser decisivo para o futuro de Fernando Diniz no cargo. Diante do Flamengo, o Time de Guerreiros precisa dar uma resposta para salvar a pele do comandante e amenizar o clima internamente.

Publicidade

No confronto, o Fluminense será dirigido por Eduardo Barros, uma vez que o treinador principal recebeu o 3º cartão amarelo no Brasileirão contra o Cruzeiro. E será a segunda vez que Diniz não comandará seu time no Campeonato Brasileiro.

O Tricolor também precisará quebrar um tabu: vencer Tite. Desde que o ex-técnico da Seleção Brasileira chegou no Flamengo, o Rubro-Negro conquistou dois triunfos e teve dois empates. Nesses quatro confrontos, o Time de Guerreiros marcou apenas um gol.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.